• Vera Sampaio

    26 Jan, 2020

    [mome] Sugestão de pauta/matéria. Olá, meu nome é Vera Sampaio de São Luis MA, gostaria de sugerir uma matéria com o terapeuta Michel Kallas, ele é sem dúvida um profissional maravilhoso, e uma pessoa iluminada por Deus, á quem eu sou muito grata. Eu sofria de fibromialgia, fortes dores e depressão, tomei durante anos remédios, que não me ajudaram. Fiz o tratamento, através da técmica medicina com as mãos, e estou muito satisfeita com o resultado. Encontrei este artigo que fala sobre o trabalho dele, achei muito interessante, porisso estou fazendo esta sugestão. SUGESTÃO DE MATÉRIA , ARTIGO. "MEDICINA COM AS MÃOS" RECUPERAÇÃO TOTAL SEM O USO DE DROGAS Várias doenças podem ser tratadas sem remédios. Vencendo as barreiras, terapeuta perde visão e cria tratamento que pode curar muitas doenças, sem o uso de medicamentos. Uma boa notícia para os pacientes portadores de depressão,fibromialgia, dores crônicas e distúrbios hormonais que não conseguem bons resultados no tratamento médico convencional. "Através da estimulação de partes do nosso corpo que são responsáveis pela produção dos nossos próprios remédios internos, a cura é possível." Trata-se da técnica criada pelo pesquisador paranaense, Michel Kallas, a "Medicina com as Mãos", uma espécie de massagem, que pode curar muitas enfermidades, sem o uso de medicamentos, tais como: analgésicos, anti-inflamatórios e reposições hormonais que podem causar efeitos colaterais indesejáveis, doenças do estômago, fígado e até mesmo o câncer, como é o caso da reposição hormonal, conforme recentes pesquisas científicas divulgadas pelos jornais americanos. O estudo revelou ainda que além do aumento da incidência do câncer de mama, o risco de ataques do coração cresceu 29%, de derrames subiu 41% e o de coágulos de sangue no pulmão dobrou nas mulheres que fazem uso dessa medicação. HÀ CURA PARA DEPRESSÃO Segundo o pesquisador, existem fases em nossa vida onde estamos mais sujeitos a termos depressão, tais como: a depressão na adolescência, que afeta muitos jovens durante a sua transição para a fase adulta; a depressão pós-parto; depressão na terceira idade ou senil; depressão por hipotireoidismo, que atinge quatro vezes mais mulheres do que homens; depressão sazonal, também conhecida como depressão de inverno e outros tantos tipos. DEPRESSÃO É DOENÇA SIM Através de uma abordagem inter-disciplinar, o pesquisador e terapeuta paranaense Michel Kallas descobriu que este mal tem causas orgânicas que afetam o sistema límbico (área do cérebro que regula nossas emoções). Ocorre um desequilíbrio na produção e assimilação de um neurotransmissor (substância que faz a comunicação entre os neurônios), a serotonina. Á medida em que o desequilíbrio destas substâncias for maior ou menor, a depressão será mais suave ou mais profunda, terá um tempo de duração mais longo ou mais curto. Portanto, depressão não é fraqueza nem falta de força de vontade, é sem sombra de dúvida uma doença. Uma anomalia que ocorre no cérebro e dependendo da região que é afetada, a pessoa desenvolverá um ou outro tipo de depressão. "Alterações hormonais, problemas circulatórios e o mal funcionamento dos órgãos podem desencadear o surgimento da depressão, assim como, muitos outros distúrbios do sistema nervoso". Tais como: ansiedade patológica, a irritabilidade excessiva, a agressividade, inclusive podendo levar a baixa da auto-estima e o comportamento violento." A técnica se baseia em princípios científicos e místicos. A cura é possível porque a técnica criada por Michel Kallas, revitaliza os órgãos e glândulas produtoras dos nossos próprios remédios internos, substâncias regenerativas que são capazes de recuperar nossa saúde e são responsáveis pela manutenção do perfeito equilíbrio entre as substâncias químicas, indispensáveis para o bom funcionamento do cérebro. Ou seja, este novo método é capaz de fazer com que os neurônios normalizem a produção e captação da serotonina. De uma forma 100% natural, a causa do distúrbio é eliminada e à medida em que isto acontece, a pessoa volta a ter energia e disposição, deixando para trás a tristeza e a falta de vontade de viver. VÁRIOS PACIENTES JÁ FORAM CURADOS Pelo Instituto de Medicina com as Mãos, que fica em Curitiba, no Paraná, de acordo com Kallas, já passaram mais de 60 mil pacientes que tinham dor crônica e graves problemas de saúde. " Eles já haviam sido diagnosticados pelos seus médicos e inclusive submetidos a tratamentos medicamentosos sem alcançar êxito, hoje todos já estão curados", informa. Como foi o caso da paciente Irene Araujo, 25 anos, dona de casa, sofria de depressão crônica e fibromialgia desde os 12 anos: Iniciou o tratamento dia 17/06/01 após 20 sessões, recuperou-se completamente . Marcos Magalhães, motorista, 28 anos, ex menino de rua: Sofria de depressão do tipo bipolar associada à síndrome do pânico, iniciou o tratamento em 14/06/01e após 15 seções recebeu alta. Vera Cruz, pedagoga, 45 anos: Tinha depressão congênita e problemas de coluna, obteve êxito após um mês de tratamento. Ana Maria, 31 anos, autônoma: Quando descobriu que tinha hipotireoidismo, começou a tomar remédios. Mas não se conformou muito com a idéia de ter que tomar alopatia pro resto da sua vida. Foi quando descobriu a Medicina com as Mãos, e em um mês de tratamento já estava curada. Sueli Borges dos Reis, engenheira: Tinha uma hérnia de disco na lombar 5, que comprimia o ciático entre a L3 e L4, praticamente não conseguia mais andar e nem sentar. Foi aí que recorreu a técnica da Medicina com as Mãos do Dr. Michel Kallas, e hoje, depois de algumas sessões, ela está perfeita. Rinaldo Dalaqüa, executivo: Teve três rupturas no tendão de Aquiles esquerdo, duas parciais e uma total. O tratamento normal seria a cirurgia. Ao invés disto, utilizou o tratamento através da Medicina com as Mãos e já estão todos religados, os seus tendões. Além da depressão, o tratamento pode curar a fibromialgia, síndrome do pânico, insônia, os dependentes das drogas, alguns tipos de câncer, inclusive doenças reumáticas, como artróse e osteoporose, porque fortalece os ossos e recupera as articulações que se encontram desgastadas. "Medicina com as Mãos" Técnica criada pelo pesquisador paranaense Michel Kallas, cego desde os doze anos. "Perdi a visão, mas não perdi a esperança, e então, levantei a cabeça e fui a luta, vencendo as barreiras impostas pela minha deficiência, passei a estudar e a pesquisar as doenças e suas origens. Uma opção para aqueles que não querem utilizar medicamentos ( por causa dos seus efeitos colaterais), para tratar de problemas físicos e emocionais, ou para quem já utilizou e não conseguiu resolver os seus problemas. Através de toques medicinais a técnica ativa os órgãos que são responsáveis pela produção de nossos remédios internos. Porque acreditamos que quando estes estão em perfeito funcionamento a química orgânica se encarrega de tratar e curar qualquer dor ou problema de saúde, sejam elas doenças físicas corporais ou psicológicas e emocionais". VENCENDO AS BARREIRAS Michel Kallas Como terapeuta, Kallas diz que percebeu claramente que com a perda da visão (é deficiente visual desde 12 anos, hoje está com 48 anos), seu sentido do tato foi ficando cada dia mais aguçado, aumentando assim, sua sensibilidade e habilidade com as mãos, e isto facilitou o seu aprimoramento e desenvolvimento profissional. "Quando perdi a visão, apesar de ter feito todos os tratamentos indicados pelos médicos, percebi que havia muita gente na mesma situação que eu. Foi isso que me inspirou a criar uma técnica de tratamento, para as pessoas que assim como eu, ficaram òrfãos da medicina, que não resolvem seus problemas de saúde e suas dores crônicas, através dos remédios convencionais." Movido pelo amor ao semelhante e, inconformado com o sofrimento humano, criei um método de tratamento muito eficiente, isento de efeitos colaterais, porque não utiliza nenhum tipo de medicamento ou métodos cirúrgicos, que pode curar problemas de saúde, dores e distúrbios emocionais. A este método de tratamento dei o nome de "Medicina Com As Mãos", técnica que recupera a saúde do paciente através de toques medicinais. COMO É FEITO O TRATAMENTO Segundo Kallas, antes de iniciar o tratamento o paciente passa por uma avaliação, relatando suas queixas de maneira minuciosa. Após isto são feitas uma série de perguntas ao paciente, e de acordo com o caso em questão, ele levanta tanto aspectos físicos quanto emocionais do paciente simultaneamente. E assim, ele chega à causa do problema. Após a avaliação segue-se a prescrição das sessões (técnica da medicina com as mãos) sendo que o tempo de cada sessão e o número delas, podem variar de acordo com a gravidade do problema a ser tratado. Em muitos casos é comum o tratamento simultâneo de vários problemas. Exemplo: pacientes da 3ª idade com distúrbios reumáticos, gastrointestinais e depressão. "O tratamento é feito através de toques medicinais que visam restabelecer e revitalizar a correta comunicação entre as partes que formam o nosso organismo. E assim ele volta a funcionar corretamente e a cura é possível", informa. O SEGREDO DO SUCESSO O segredo de seu sucesso é simples. "É necessário para que tenhamos saúde, que as partes que compõem o nosso corpo, estejam em perfeita sintonia. Para alcançarmos nosso objetivo, devemos sempre crer que a cura é possível, jamais, em hipótese alguma, devemos desanimar. A partir desta crença muitos cientistas e precursores da ciência trabalharam incessantemente e conseguiram alcançar seus objetivos para o bem da humanidade", relata Kallas, emendando que "devemos religar para curar, buscando os pontos, onde a comunicação entre células, órgãos, aparelhos e sistemas não estão se dando de maneira correta, religando-os através de toques medicinais". A MISSÃO DO PIONEIRO Como pioneiro, estou consciente que a minha missão é a de difundir e divulgar esta filosofia de tratamento para todo o mundo, porque com isso estou certo que as pessoas enfermas e desenganadas terão um grande benefício para sua saúde. O terapeuta informa ainda que gostaria de ensinar ao maior número possível de pessoas a técnica que utiliza no tratamento da depressão e dor crônica, pois na prática diária em seu consultório, tem observado que estas duas doenças são muito freqüentes, em razão do grande número de pessoas, que após diversos tratamentos medicamentosos, não conseguem alcançar êxito. "Essas pessoas são tratadas e curadas pelo tratamento que eu desenvolvi com relativa facilidade". Portanto, gostaria de ensinar à pessoas interessadas, oferecendo um curso prático, onde elas terão oportunidade de aprenderem a técnica. Em especial aquelas que tenham parentes com doenças graves, que queiram aprender a técnica. Se quiserem, poderão tratar de seus entes queridos. Assim como, de se aprofundar, caso tenham interesse em se transformarem em praticantes da "Medicina com as Mãos", anuncia. Com relação aos profissionais da área da saúde que tenham interesse em aplicar a técnica em seus consultórios, Michel Kallas diz que está a disposição para palestras e cursos, de especialização em medicina com as mãos, voltados especificamente para profissionais como médicos, enfermeiros e fisioterapêutas. Em especial aos portadores de deficiência visual. SERVIÇO - Interessados podem entrar em contato com o Instituto de Medicina com as Mãos, através do fone (41)999961234. Endereço: Av. Manoel Ribas, 8570 Santa Felicidade -Curitiba- Paraná - Brasil. CEP:82.400.000. Terapeuta Michel Kallas. Contato: Fone (41)32732985

  • Cemig Distribuição

    24 Jan, 2020

    Aneel suspende prazo de recadastramento para produtores rurais Resolução, que está em consulta pública pela Agência, prevê a revisão dos subsídios tarifários concedidos atualmente A Cemig informa que a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) acatou o pedido da Associação Brasileira das Distribuidoras de Energia Elétrica (Abradee), entidade da qual a Cemig faz parte, para reavaliar as condições para o cumprimento da Resolução Normativa nº 800/2017. Dessa forma, o recadastramento para a manutenção dos subsídios tarifários concedidos está suspenso em todo o país. A REN 800/2017 regulamenta a manutenção dos subsídios tarifários concedidos aos produtores rurais de todo o país, exigindo o recadastramento em todas as distribuidoras de energia. De acordo com a Aneel, o objetivo da resolução é conceder o subsídio apenas àqueles clientes que realmente têm direito. Com essa decisão, a Aneel abriu consulta pública, com duração de 60 dias, a partir de 16 de janeiro de 2020, para receber contribuições da sociedade e, então, definir um novo prazo para o recadastramento. A Aneel definiu também que os clientes que já perderam o benefício deverão ter o retorno do subsídio tarifário nas próximas contas de energia elétrica. Contudo, aqueles que tiveram uma visita técnica da distribuidora comprovando que a propriedade não se enquadra nos critérios legais previstos não terão o retorno do subsídio. A Cemig reafirma o seu compromisso com os produtores rurais e de serviço público da sua área de concessão e ressalta que vai mantê-los informados sobre as próximas deliberações da Aneel no que tange à Resolução Normativa 800/2017. O que é a REN 800 O Recadastramento Rural é uma determinação da Aneel, por meio da Resolução nº 800/2017, para que os clientes rurais de todo o país tenham subsídios tarifários na conta de energia. Mais informações aqui 22.01.2020 l Classificação: Público Gerência de Comunicação e Marketing Contatos: 31 2025 / 2033 / 2793 Plantão: 31 97145 5063

  • Cemig Distribuição

    23 Jan, 2020

    Cemig é eleita a companhia de energia elétrica mais sustentável da América Latina Pelo terceiro ano consecutivo, Cemig figura entre as 20 empresas mais sustentáveis do planeta A Cemig foi eleita companhia de energia elétrica mais sustentável da América Latina, ocupando a 19ª posição no ranking de Corporações Mais Sustentáveis do Mundo Global 100 de 2020, elaborado pela revista canadense Corporate Knights. O anúncio foi feito nesta semana no Fórum Econômico Mundial, que acontece em Davos, na Suíça. Foram analisadas mais de 7 mil empresas em todo o mundo pela publicação internacional. A Cemig foi uma das três empresas brasileiras incluídas entre as mais sustentáveis do mundo no ranking e também obteve a segunda melhor classificação dentre as que fazem parte do seu segmento de energia elétrica. Somente outras duas empresas brasileiras estão presentes na lista: Banco do Brasil e Natura. Ao todo, foram avaliadas 7.500 empresas de capital aberto em 25 países, por meio de um conjunto de 21 indicadores ambientais, sociais e de governança, em relação aos seus pares do mesmo setor e a partir de informações disponíveis ao público. Para elaborar a lista, a organização avalia aspectos como a relação entre receita e toneladas de CO2 emitido, redução das emissões de gases de efeito estufa, percentual de mulheres que ocupam cargo de liderança, redução de geração de resíduos e de consumo de água, indicadores de saúde e segurança do trabalho e demais práticas de sustentabilidade das empresas. De acordo com o diretor de Comunicação e Sustentabilidade da Cemig, Marco Antônio Lage, esse reconhecimento destaca os esforços e a preocupação da empresa na preservação do meio ambiente, no desenvolvimento da capacidade de inovação e no reconhecimento dos empregados, por meio de políticas ambientais e de segurança do trabalho. “Esse resultado demonstra o comprometimento da Cemig com os objetivos de desenvolvimento sustentável da Agenda 2030 da Organização das Nações Unidas, com sua receita principal obtida por meio do fornecimento de energia limpa e na ação contra mudança global do clima”, afirmou A lista completa das empresas reconhecidas pela Global 100 está disponível no site da Corporate Knights. Sobre a Cemig A Cemig é a maior empresa integrada do setor de energia elétrica do País, com mais de 530 mil quilômetros de linhas de distribuição e uma capacidade instalada de 5,5 GW. Vale destacar que a concessionária foi selecionada, pela 20ª vez consecutiva, para compor a carteira do Índice Dow Jones de Sustentabilidade no período 2019/2020, mantendo-se como a única companhia do setor elétrico da América Latina a fazer parte do índice desde a sua criação, em 1999. A Cemig está presente em 24 estados e no Distrito Federal, e conta com mais de 120 mil acionistas em 38 países, além de possuir ações negociadas nas Bolsas de Valores de São Paulo, Nova York e Madri. 22.01.2020 l Classificação: Público

  • FastSold - Leilões Corporativos

    23 Jan, 2020

    Prezado(a) Sr(a). Bom dia, Sabe, aquela máquina, automóvel, equipamento, caminhão, sucata (sim, sucata), trator, empilhadeira, eletrônico, elétrico, enfim, tudo aquilo que está disponível para venda. Fale conosco agora mesmo e venda de tudo e libere áreas de armazenamento de sua empresa. "Tudo vendido no mesmo dia; "Todos pagamentos á vista; "Retirada dos bens, por conta e risco do comprador; "Tudo vendido, sem qualquer garantia do bem que está sendo vendido; "Só será vendido, pelo preço estipulado, antes do leilão; "Não atingindo o preço pretendido, nada será vendido, salvo se autorizado; "Leilão, totalmente online, sem interferência humana; "Se nada for vendido, nada lhes será cobrado a qualquer título. Fale comigo agora mesmo, monetizando seus ativos e liberando áreas de armazenagem de sua empresa, em Leilão Corporativo, se vende de "Alfinete a Foguete" Saudações, Cadastre-se agora mesmo e faça bons negócios. Roberto Dantas-Leiloeiro Oficial www.fastsold.com.br / 5513 30195619 Não tenho interesse nesta oferta: http://www.sairdalista.site?u=http://www.gazetanortemineira.com.br&c=e4544f1ded74E2F81B80

  • Afonso Cláudio

    23 Jan, 2020

    Redução dos homicídios em Montes Claros Conforme a mensagem da Policia Militar, nº 84477, de 21/01/2020, publicada no montesclaros.com, a quantidade de homicídios consumados em Montes Claros caiu de 31, em 2018, para 11, em 2019, com redução de 64,5%. A redução é maior ainda se compararmos 2010, com 61 homicídios, e 2019, com 11, chegando a 82%. Considerando a população estimada pelo IBGE, em agosto de 2019, de 409.341 habitantes, o índice homicídios/100.000 habitantes/ano, de Montes Claros, que chegou a 33,2 em 2012, caiu de 7,57, em 2018, para 2,68, em 2019, portanto um resultado excelente, como comentei na mensagem 84095, de 14/7/2019, publicada no montesclaros.com: "...há indícios de que, em 2019, nossa cidade poderá ter uma redução ainda maior...". E teve. O ideal é que sejam mantidos e aperfeiçoados os critérios de redução de homicídios, pelas Policias Civil e Militar, e que a população de bem esteja sempre em alerta, seguindo orientações e sugestões dos profissionais da segurança pública e privada. Sugiro ao leitor verificar nossas mensagens de 20 e 21/8/2019, publicadas pela Gazeta Norte Mineira, nas quais abordamos a prevenção de crimes contra idosos, por ser tema muito oportuno, sempre. E que todos (crianças, adolescentes, jovens, idosos, homens e mulheres) nos comportemos como amigos e irmãos, filhos do mesmo Pai do Céu, em paz e com muito respeito entre nós. Colheremos sempre muitos excelentes frutos, como os da redução da violência. Eng. Afonso Cláudio de Souza Guimarães

  • josé Ponciano Neto

    23 Jan, 2020

    Moradores cobram Interlagos.... Fico sem entender! Há mais ou menos um ano e 08 meses teve uma reunião com estes moradores e um vereador divulgou nas redes sociais que ele estava conseguindo um verba junto com um deputado para revitalizar a Lagoa Interlagos. esta verba passava de um milhão. Mentira tem limite!! Ou MOC é o lugar de mentira? E agora o que ZEMA tem com isso?