• Carreata pró-Jair Bolsonaro surpreende e lota as ruas da cidade

    24 Sep, 2018

    Uma grande carreata foi realizada entre a tarde e a noite de sábado (22), em Montes Claros, em prol da campanha à Presidência da República de Jair Messias Bolsonaro, do Partido Social Liberal (PSL), quando mais de 5.000 veículos, entre carros e motos, participaram de um ‘buzinaço’, segundo estimativa da organização. O megaevento, preparado pelo grupo Direita Minas, reuniu grande quantidade de mulheres e crianças, e famílias de todas as classes sociais, que, entre outras manifestações, repudiaram a tentativa de assassinato contra o candidato, crime praticado por um montesclarense durante evento em Juiz de Fora. ELEIÇÕES 2018

  • Afonso Cláudio

    21 Sep, 2018

    Homenagem ao Coronel Celestino Sendo descendente de famílias históricas de Montes Claros, como Prates, Guimarães, Teixeira e Soares, com muita honra e gratidão a Deus, sempre recorro aos livros dos historiadores Hermes de Paula e Nelson Vianna, com o objetivo de conhecer melhor as biografias dos meus antepassados, bem como a história da cidade e do seu povo. Hoje, 21/9/2018, completam 100 anos do falecimento de um dos mais ilustres montesclarenses dos últimos 174 anos, o Coronel Celestino Soares da Cruz, meu trisavô. Tive o privilégio e a alegria de conviver poucos anos da minha infância com a filha dele, minha bisavó Maria Amélia Soares Guimarães, falecida em 22/2/1957, aos 89 anos, esposa do Professor Pedro Augusto Teixeira Guimarães, falecido em 01/12/1928, aos 71 anos. Eu tinha 7 anos quando ela, a quem chamávamos de Dindinha, faleceu. Em nome dos descendentes do Coronel Celestino, peço licença aos meus conterrâneos e demais leitores para fazer uma simples homenagem à sua memória, ou seja, a reprodução dos seus dados biográficos, extraídos do livro "Efemérides Montesclarenses", do historiador Nelson Vianna, onde se tem uma idéia da importância que ele teve e tem para a nossa terra, tanto no Império, como nas três primeiras décadas da República brasileira, o que acredito deve ser reverenciado sempre, em relação a ele, como a outros grandes vultos da história de Montes Claros, que amaram a cidade e seu povo e se doaram por eles. "21/9/1918 - Falece, na cidade de Teófilo Otoni, o cel. Celestino Soares da Cruz. Nasceu em Paus Pretos, município de Montes Claros de Formigas, a 3 de maio de 1844, filho de Jacintho Soares de Oliveira e dona Ana Caetana de Jesus e Barros. Empregou, a princípio, as suas atividades como representante de várias firmas comerciais do Rio de Janeiro, tendo conseguido amealhar considerável patrimônio financeiro, o qual foi todo perdido na política. Deixando a primitiva profissão, regressou a Montes Claros, onde adquiriu uma fazenda e dedicou-se ao comércio. Ocupou, em Montes Claros, os mais destacados cargos, não só de confiança como de eleição popular. Foi professor, Inspetor do Ensino, Coletor, Juiz de Paz, Promotor Público, Juiz Municipal e de órfãos, advogado, vereador à Câmara Municipal de Montes Claros, da qual foi Vice-Presidente, tendo, por diversas vezes, assumido a presidência. Foi Presidente do Conselho da Intendência Municipal de Montes Claros, em substituição a Camilo Philinto Prates, que se exonerara. Elegeu-se Deputado Estadual, de 1896 a 1906, tendo desempenhado as funções de secretário da Assembléia Legislativa. Em 1885, construiu o sobrado que tem o número 93 da rua Justino Câmara, para a sua residência e casa comercial. Casou-se, em Montes Claros, com dona Jacintha Maria da Conceição Soares, a 17 de fevereiro de 1865." Dai-lhe, Senhor, o repouso eterno e brilhe sobre ele a Vossa luz. Afonso Cláudio de Souza Guimarães - Engenheiro

  • Consumidor

    19 Sep, 2018

    "Qua 19/09/18 - 15h - Aneel descarta aumento na bandeira tarifária, como querem os Distribuidores de Energia" - Comparei o reajuste do R$/kwh entre fevereiro e agosto de 2018, de 41,12%, com o reajuste do meu salário no mesmo período, de 2,85%. E os Distribuidores de Energia ainda querem mais aumento na bandeira tarifária. Este é o Brasil que não quero!!!

  • Afonso Cláudio Guimarães

    18 Sep, 2018

    16/9/2018 -"Mulher e assassinada a tiros na porta de casa, por ex-marido, em Montes Claros" - A violência é fruto da falta do amor a Deus e ao próximo. Além disto, as famílias estão muito divididas, com laços afetivos se rompendo por falta de melhor formação moral e religiosa. 4.473 mulheres foram vítimas de homicídio em 2017 no Brasil, o 7o. lugar entre as nações mais violentas do planeta, contra a mulher, entre 83 países. Foram 63.880 mortes violentas no Brasil em 2017, devidas a homicídios e latrocínios, resultando em 30,8 mortes/100.000 habitantes/ano, um dos índices mais altos do mundo. Gente, somos todos irmãos, filhos do mesmo Pai do Céu. Fraternidade sim, violência não. https://gazetanortemineira.com.br/noticias/seguranca-publica/suposto-assassino-da-ex-e-capturado-com-armas-em-moc

  • Pimentel visita Moc e se diz confiante no apoio da população

    18 Sep, 2018

    O governador Fernando Pimentel percorreu as ruas centrais de Montes Claros, ontem (17), quando pediu aos montes-clarenses o apoio para governar Minas Gerais por mais quatro anos. Ele afirma que a água que jorra em Montes Claros deverá jorrar votos em sua campanha. Pimentel salientou que resolveu o problema da água na cidade e, por isso, tinha liberdade para pedir a confiança da população. O seu discurso foi na Praça Doutor Carlos, a poucos metros da sede da Copasa em Montes Claros. Na sexta-feira, Haddad estará em Moc, acompanhado de Pimentel e Dilma, para novo evento.

  • Pesquisador

    12 Sep, 2018

    "10/9/1947 – Inaugura-se o trecho Montes Claros-Monte Azul, da Estrada de Ferro Central do Brasil. Partindo da Estação de Montes Claros, às 11 horas, a composição... eram quase 21 horas, quando o comboio deu entrada na estação de Monte Azul, onde houve grandes manifestações de regozijo." A velocidade média nessa viagem foi 23,8 km/h, ou seja, 238 km percorridos em 10 horas. É muito interessante compararmos com outras velocidades médias, tais como: - Montes Claros - Belo Horizonte (anos 60/70): 28 km/h; EFCB - BH - Cariacica (ES), atualmente: 51 km/h; EFVM - Nova York - Washington: 111 km/h - Paris - Lourdes: 145 km/h; TGV - Moscou - São Petersburgo: 171 km/h Sabemos que o transporte ferroviário é o mais confortável, seguro e econômico, tanto de cargas, como de passageiros. Falta sua modernização e expansão no Brasil, com enormes benefícios para todos. Por outro lado, considerando rodovias: "11/09/18 - 9h - Só nas estradas federais de Minas, 8 morreram em 101 acidentes no feriadão, com 144 feridos".