• Moc tem mais praças iluminadas para o Natal

    10 Nov, 2018

    Quatro novos pontos de Montes Claros terão iluminação natalina este ano: ontem foi anunciado pelo secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Edilson Carlos Torquato, que a Santa Casa fará a decoração da Praça Honorato Alves, onde está o hospital; o Central Mineira Atacadista (CEMA) pela Praça Engenheiro Joaquim Costa; a Rede Minas Brasil, Associação Comercial e Industrial e a Laboratório Santa Clara pela praça Doutor Carlos; e por fim, a FLISA SPE pelo Parque Municipal Milton Prates.

  • Cemig Distribuição

    05 Nov, 2018

    Cemig moderniza lavanderias de hospitais públicos e filantrópicos do estado-A Cemig, por meio do Programa Energia Inteligente, está investindo mais de R$ 1 milhão na substituição de 17 secadoras de roupas ineficientes em hospitais públicos e filantrópicos. Serão beneficiadas 8 instituições de saúde localizadas nos municípios de Baependi, Bom Despacho, Carlos Chagas, Diamantina, Pará de Minas, Santos Dumont, Três Pontas e Uberaba, em Minas Gerais, com as primeiras secadoras estregues na ação de eficiência energética. As novas secadoras devem oferecer mais agilidade aos processos hospitalares e contribuir para a redução do consumo de energia

  • www.ameoudeixe.com.br

    29 Oct, 2018

    Gostaria de indicar o livro Empresa Familar: ame ou deixe. Esta a venda em www.ameoudeixe.com.br

  • Mulheres perderam cirurgia de câncer por falta de prótese

    26 Oct, 2018

    Aproximadamente 20 mulheres do Norte de Minas, que seriam submetidas a cirurgia reparadora pelo SUS, nesse mês que se comemora o Outubro Rosa de prevenção ao câncer de mama, perderam o benefício porque o Estado deixou de mandar as próteses. A denúncia foi feita pelo médico mastologista Ricardo Alcântara, único lotado na Secretaria Municipal de Saúde para triar os pacientes de câncer de mama de todo Norte de Minas, durante palestra no Lions Clube Montes Claros Sertanejo, na quarta-feira a noite, na campanha Outubro Rosa. Ele explica que o planejamento foi por água abaixo por causa dessa situação.

  • jeanice patricia pereira soares

    21 Oct, 2018

    A Família domestica é a salvação do Mundo (*)JEANICE PATRICIA PEREIRA SOARES A preservação da família tradicional é a única salvação para o mundo.Não adianta querer estruturá-la com falsos modelos de vida achando que copiar a modernidade irá evoluir a vida dos filhos.Muito pelo contrário,esse mundo pregado pela igualdade de gêneros desestrutura qualquer formação na vida afetiva das crianças.A sua vida social na escola torna-se confusa e a criança carregará a carga de Bullyng para uma vida toda.É claro que no ambiente escolar,a sua formação será para uma construção de familiar tradicional e quando vive em uma realidade diferente do que o estabelecimento de ensino prega, ocorrerá um choque de personalidade da criança.No futuro, terá uma perda de identidade.Principalmente quando souberem mesmo,o sexo de seus pais na adolescência e juventude estes poderão possuírem o mesmo comportamento dos pais ou não.O que nos assusta é que a igualdade de gênero entre os pais já tem sentido mercadológico.Quem já viu a propaganda de bonecas Barbies com seios e órgãos genitais masculinos? Na minha formação em casa,como mãe de criança,não compraria essa mercadoria,pois constitui lixo mercadológico.Como também na TV estão vendendo de forma banalizada a união de casais Gays.Qual postura seria das crianças ao receberem esse presente inusitado e o que se passaria em suas cabecinhas inocentes.Desde cedo temos que educá-las brincando de fazer comidinhas para meninas e carrinhos os meninos.Um fator dentro das famílias tradicionais que faz resgatar a educação das crianças é a religião.Em que são pregados na Bíblia que Jesus é filho de José e Maria .Nesses tempos em que a igualdade de gênero corre solta pelas famílias; o resgate da família doméstica é imprescindível,através da religião verdadeiramente cristã. JORNALISTA E PÓS-GRADUADA EM SAUDE PUBLICA COM ENFASE EM PSF

  • Observador

    17 Oct, 2018

    Propriedades rurais têm sido alvo de bandidos, com gravíssimas consequências. 1) "Estado de Minas", de 09/10/2018: "Assaltantes roubam e matam a pauladas pai de militares no Norte de Minas - Luiz Ribeiro - Um homem de 64 anos foi assassinado a pauladas durante um assalto em um condomínio rural, próximo ao distrito de Nova Esperança, em Montes Claros, no Norte de Minas, na madrugada desta terça-feira. A vítima, Hélio Leandro da Silva, que é pai de dois militares, teria reagido ao assalto, quando começou a ser agredido com pedaços de madeira, sendo também amarrado depois que estava desacordado." 2) Rádio Itatiaia, 16/10/2018: "Dois assaltantes morreram e outros três são procurados pela Polícia Militar (PM) desde a madrugada desta terça-feira na Região Centro-Oeste de Minas Gerais. Conforme informações preliminares, os cinco homens invadiram uma casa na zona rural de Bambuí e roubaram um Palio, uma caminhonete e fugiram em direção à cidade de Arcos. Policiais militares localizaram os veículos e iniciaram a perseguição. Em determinado momento, os assaltantes bateram os carros, o Palio pegou fogo e um suspeito morreu carbonizado. O outro ocupante ainda conseguiu sair do veículo, mas morreu em seguida. Os outros três suspeitos fugiram a pé e entraram em uma área de mata. A polícia tenta localizá-los." 3) G1-Sul de Minas, 24/9/2018: "Uma casa na zona rural na MG-050, em Passos (MG), foi invadida por assaltantes na noite deste domingo (23). Um morador foi rendido e os criminosos dispararam vários tiros, mas ninguém foi baleado. Segundo a Polícia Militar, o morador de 53 anos ouviu barulhos do lado de fora da casa. Em seguida, quatro assaltantes entraram no imóvel disparando vários tiros. A vítima entrou em um dos quartos e apontou uma arma de fogo para os criminosos, que fugiram sem levar nada. A polícia foi chamada e encontrou quatro balas do grupo. O morador registrou boletim de ocorrência e, até esta publicação, ninguém havia sido preso." 4) "Jornal do Sudoeste", 17/10/2018: "Duas pessoas morreram nesta madrugada na zona rural de Itamogi. Os crimes foram cometidos durante uma tentativa de assalto. Conforme as primeiras informações um homem foi morto depois de tentar reagir e entrar em luta corporal com um dos bandidos. Um dos comparsas dos ladrões atirou e atingiu um dos colegas que também veio a óbito, mas que não foi identificado, pois, não portava documentos. De acordo com a polícia a ação foi realizada por quatro ou cinco pessoas que chegaram na propriedade rural, em Itamogi, e anunciaram o assalto. Os moradores da casa, de propriedade de um comerciante, foram rendidos. Durante a ação um funcionário que estava entre as vítimas tentou reagir e entrou em luta corporal com um dos marginais. Um integrante do grupo de bandidos foi atirar contra o funcionário que reagiu e acabou acertando o colega que faleceu na hora. O criminoso que não portava documentos e não foi reconhecido, continua sem ser identificado. Ato contínuo houve outro disparo de arma de fogo que atingiu a vítima que também veio a óbito. Outros quatro criminosos que participaram da tentativa de assalto fugiram, tendo levado a princípio um aparelho celular das vítimas. A Polícia Militar foi acionada e compareceu ao local. No local foi apreendida uma arma de fogo tipo rifle e munições calibre 22, que teriam sido dispensadas pelos marginais no momento da fuga. A perícia técnica também foi acionada para os trabalhos de praxe. Os corpos das duas vítimas foram encaminhadas para realização de autópsia no Instituto Médico Legal, de Passos. O sepultamento do funcionário deverá ocorrer possivelmente ainda hoje em Itamogi. Não há informações sobre o sepultamento do outro homem não identificado." São 4 ocorrências nas zonas rurais de Montes Claros, Bambuí e Passos, com consequências gravíssimas, principalmente as duas primeiras e a quarta, sendo que a terceira, em Passos, poderia também ter feridos e mortos, devido aos tiros disparados pelos assaltantes e à reação do proprietário, também empunhando arma de fogo. Se pesquisarmos mais, certamente teremos muitos outros exemplos de violência em zonas rurais de Minas Gerais, o que deve servir de alerta para os proprietários de sítios, fazendas, restaurantes, bares, hotéis ou outros estabelecimentos mais afastados das áreas urbanas, para que providenciem maior vigilância para suas propriedades, seja em conjunto com as Polícias Militar e Civil, ou através da contratação de empresas de segurança credenciadas para este serviço. O fato é que, quem não se previne, corre mais risco, tanto de ser assaltado ou, infelizmente, de ser ferido ou de até ser morto. Que Deus abençoe e proteja a todos.