• Wilson Medeiros

    19 Mar, 2019

    A Editora Unimontes, conjuntamente com os professores e alunos do curso de Direito, promoverão, nesta quinta-feira, dia 21 de março, às 19h30, no Auditório do CCBS/Campus Universitário Darcy Ribeiro, o lançamento da obra “Desafios do Direito no Século XXI”. A ideia do livro foi fomentar a pesquisa no âmbito da universidade pública, envolvendo o corpo docente e discente do curso de Direito, numa perspectiva interdisciplinar. O livro é composto de 14 (quatorze) capítulos, que tratam dos mais variados e atuais temas da ciência jurídica, apresentando à comunidade acadêmica a materialização dos estudos e discussões realizados na academia. O evento será aberto ao público em geral.

  • Prime - Soluções em Tecnologia

    16 Mar, 2019

    Olá Gazetanortemineira O Prime Gestão é um sistema online para Gestão do seu negócio. Gerencie seus processos de vendas, compras, faturamento, financeiro e produção da sua empresa e acesse todos os dados da sua empresa online e de qualquer lugar utilizando um computador,notebook, tablet ou smartphone. Faça-nos uma visita: http://www.primegestaoerp.com.br Um forte abraço João Miguel Não tenho interesse nesta oferta: http://www.sairdalista.site?u=http://www.gazetanortemineira.com.br&c=638264a7f1494A08E9D0

  • Afonso Cláudio Guimarães

    15 Mar, 2019

    Tolerância zero a armas e álcool - conclusão; Em 9/3/2019 este Mural publicou mensagem de minha autoria, com o título "Como tolerância zero a armas e álcool tornou o Japão um dos países mais seguros do mundo", referente à matéria da BBC News Brasil, de 5/3/2019, sobre a segurança pública naquele país asiático. Eu não imaginava o que iria acontecer em 13/3/2019, mais uma tragédia no Brasil, no interior do Estado de São Paulo. Ontem, 14/3/2019, um dia após o massacre na Escola Estadual Professor Raul Brasil, em Suzano-SP, a mesma BBC News Brasil publicou a seguinte matéria: "Massacre em escola escocesa levou Grã-Bretanha a proibir armas em 1997". As 2 matérias se completam, sendo que a de 14/3/2019 traz detalhes sobre um massacre de crianças em 13/3/1996, quando um ex-líder escoteiro, Thomas Watt Hamilton, de 43 anos, invadiu um ginásio da Escola Primária Dunblane, na cidade escocesa de mesmo nome, e matou 16 crianças e um professor, antes de cometer suicidio. A comoção que o caso gerou no país levou à criação de várias associações de defesa do controle de armamentos. No começo de 1997, o governo britânico aprovou no Parlamento a proposta de proibição total da posse de pistolas com calibre superior a 22, ampliando, poucos meses depois, para todas as pistolas, de qualquer calibre. Resultado: a Gra-Bretanha tem um dos menores índices de homicídios por armas de fogo em todo o mundo. Desde Dunblane, em 1996, houve apenas mais um massacre do tipo, em junho de 2010. Quem estudar estas 2 matérias da BBC, acima citadas, com a profundidade necessária, se convencerá que a redução dos homicídios e massacres se obtém por providências como as tomadas pelo Japão e Grã-Bretanha e não pela disseminação de armas entre a população, tanto as clandestinas, como as consideradas legais. Que Deus ilumine as autoridades e os profissionais da Segurança Pública para que seja adotada no Brasil solução eficaz e de alto nível, como as citadas nesta mensagem. Afonso Cláudio de Souza Guimarães - Engenheiro https://www.bbc.com/portuguese/geral-47568103

  • Maxliane Alves Vieira

    15 Mar, 2019

    P O E S I A : Em breve Ele vem! O Leão da Tribo de Judá, à linda Jerusalém, retornará.(1) Em breve, o mundo verá, Aquele em quem não quis acreditar. Em breve, esse momento virá, e não tardará, assim Ele nos autoriza, a ti falar. Ele amou o mundo, E você não se tocou. E você não aceitou. E você não acreditou. Mas quem sabe, Ele não volta, até o fim dessa poesia! Mas quem sabe, ainda dá tempo, pra você sair dessa letargia! A eternidade é real! Pro um lado é bom, Pro outro lado é mau. A maldade é ruim! Se agora é assim, depois será sem fim, para aqueles que não creram, no Sangue carmesim. Acorda... camarada! Quantas vezes, você foi chamado? Quantas vezes, você não quis! Ele mostrou que você foi mui amado. E você mostrou sua dura cerviz. De Graça a ti foi dado, mas você não quis. Amanhã pode ser tarde, assim Ele te diz. Larga o mundo! Arrependa-se do imundo! Creia nEle, pois, ainda dá tempo, mesmo moribundo. (1) - Apocalipse 1:7 - 5:5 Autor: Pr. Maxliane A. Vieira Muito mais... acesse: https://biblioteca.shalomais.com

  • Empregos em Buffet´s

    14 Mar, 2019

    77 Gerentes de buffet´s e 80 Garçonetes entre outros profissionais disponíveis no Portal Empregos em Buffet´s www.empregosembuffets.com.br Portal de Empregos

  • Afonso C S Guimarães (*)

    12 Mar, 2019

    Qualidade do fornecimento de energia elétrica em 2018 I) A CEMIG e a Região Sudeste do Brasil Verificamos, em 11/03/2019, no site da ANEEL - Agência Nacional de Energia Elétrica, que houve redução de 7,11% do índice coletivo de continuidade DEC (Duração Equivalente de Interrupção por Consumidor) da CEMIG-D, passando de 10,83 horas/ano/consumidor, em 2017, para 10,06, em 2018, sendo: menor DEC - subestação BH Centro, valor 1,20; maior DEC - subestação Buritis 1, valor 34,46. No entanto, considerando 15 Concessionárias da Região Sudeste do Brasil, que tinham o DEC anual disponível em 11/03/2019, a CEMIG-D teve o DEC 2018 (10,06) superior aos valores de 13 Concessionárias, sendo que apenas a ENEL RJ teve DEC superior ao da CEMIG-D, no valor de 14,04. O melhor índice foi da CPFL Piratininga, com 5,92, que deve ser considerado meta para as demais Concessionárias, visando melhor qualidade do serviço prestado aos seus Consumidores. II) Subestações de Distribuição da CEMIG e o Norte de Minas Gerais Entre 26 subestações do Norte de Minas, dos quais relacionei os valores do DEC referentes ao ano de 2018, 6 (seis) subestações (23,1%) tiveram os melhores desempenhos: Montes Claros 2 (6,46), Monte Azul (6,62), Taiobeiras (7,44), Montes Claros 1 (7,92), Salinas (8,12) e Porteirinha 2 (8,86). Todos os valores entre parênteses são inferiores ao DEC apurado da CEMIG-D em 2018, que foi 10,06 horas/ano/consumidor. As outras 20 subestações incluidas nesta relação (76,9%) tiveram valores de DEC superiores ao da CEMIG-D, sendo o mais elevado o da Subestação Manga 3 (33,13 hs/ano/cons), o que indica a necessidade de ações técnicas e gerenciais eficazes, continuamente, com o objetivo de melhor Qualidade do desempenho do Sistema Elétrico de Distribuição do Norte de Minas. Brevemente deverá ser disponibilizado pela ANEEL o Ranking da Continuidade do Serviço de 2018, do conjunto das distribuidoras brasileiras, tendo como parâmetro o índice gerencial DGC (Desempenho Global de Continuidade), que, juntamente com o DEC e o FEC são os índices mais importantes para avaliação do desempenho do Sistema Elétrico Brasileiro. (*) Afonso Cláudio de Souza Guimarães - Engenheiro Eletricista