Conexão: Arte, Sabor e Negócios

Será realizado nos dias 12, 13, e 14 deste mês, no Parque de Exposições João Alencar Athayde, a primeira edição do evento Conexão: Arte, Sabor e Negócios, uma iniciativa do Sistema FAEMG/SENAR que vai reunir exposição e venda de artesanato local, venda de produtos alimentícios, e apresentações culturais. O evento, que é gratuito, deve receber participantes de toda a região, e reunirá ex-alunos do Senar e participantes do programa Arranjos Produtivos da Codevasf. Dentre as atrações do evento estão as aulas-show de culinária regional, com a chef Bernadete Guimarães, palestras, rodadas de negócios e shows com Saulo Laranjeira e Banda Arrumação. Na programação, também estão três oficinas promovidas pelo Sindicato Rural de Montes Claros, com os temas: carne na lata, cinco tipos de linguiça e polpas de frutas. Mais informações podem ser obtidas pelo (38) 321-1058. São parceiros na realização do evento a Codevasf e o Sebrae, patrocínio do Sicoob e apoio da Sociedade Rural, Idene, UFMG e Prefeitura de Montes Claros.

 

Plano Agrícola e Pecuário

 

Faltam menos de três meses para que o Plano Agrícola e Pecuário (PAP) 2019/2020 seja apresentado pelo Governo Federal. O Sistema FAEMG,  juntamente com a CNA e as outras Federações, está participando ativamente da sua elaboração, incluindo demandas dos produtores mineiros, prioridades da agricultura familiar e programas de investimento, zoneamento agroclimático de risco, crédito e seguro rural.

A coordenadora da Assessoria Técnica da FAEMG, Aline Veloso, representou a entidade no workshop de levantamento de propostas, promovido pela CNA, em Vitória (ES), reunindo as Federações do  sudeste. 

 

 

Aline Veloso – coordenadora Assessoria Técnica da FAEMG

“Solicitamos a  priorização dos programas de investimento ABC, Inovagro e PCA e, pelo menos, a manutenção das taxas de juros praticadas atualmente. Pedimos também melhor adequação para o seguro rural, com melhores produtos e ações de política de renda”.

 

Deficiência é limitação? Oficina no Sistema FAEMG/SENAR MINAS desmistifica tema

É certo pegar a mão de uma pessoa cega e guia-la para atravessar uma rua? Preciso me abaixar para conversar com um cadeirante? Como faço para explicar algo para uma pessoa surda? Essas e outras questões envolvendo a convivência com pessoas com deficiência foram abordadas durante toda a sexta-feira (29) na oficina “Inclusão Social: qual a minha responsabilidade numa sociedade de diversidade?” ministrada para funcionários do Sistema Faemg / Senar Minas na sede, em Belo Horizonte. A iniciativa acompanha a contratação de pessoas com deficiência para trabalharem na entidade.

Para melhor entender e acolher os novatos, o setor de Recursos Humanos da casa convidou Deimiluce Lopes Fontes Coaracy, coordenadora de Formação Profissional e Promoção Social do Senar Central. Responsável pelo Programa Especial Apoena, que prepara instrutores do Senar para trabalhar com alunos com deficiência nos eventos, ela explicou aspectos legais e comportamentais do assunto, que ainda é tabu para muita gente. O superintendente do Senar Minas, Christiano Nascif, abriu as atividades destacando a importância de adquirir conhecimento sobre o assunto, e como todos ganham com a diversidade no ambiente de trabalho.