Chuvas devem cessar e voltarão na segunda quinzena de novembro

As chuvas que ocorreram no mês de outubro deverão parar a partir de hoje (16) e retornarão apenas na segunda quinzena de novembro, segundo avaliação do engenheiro agrônomo Vitor Veloso, da Associação Nacional de Compras e Vendas Coletivas em Agronegócio (AgroRede) - uma instituição, sem fins lucrativos, de caráter técnico, educativo e social - que tem monitorado os dados pluviométricos da região. Ele explica que essas chuvas têm ocorrido de forma desorganizada e com falhas, pois são registradas em pontos diferentes da região, enquanto a partir de 15 de novembro serão mais consistentes, continuas e com maior quantidade, prosseguindo até fevereiro, quando deverá ocorrer veranico de 15 dias e depois voltar até março de 2021, mantendo a safra agrícola com boas chuvas.

O especialista explica que estas chuvas de outubro serviram para amenizar a situação do solo, pois como foram vários meses sem qualquer chuva, a terra sofre muito impacto. Essa chuva de outubro amacia o terreno. Porém ele lembra que o produtor que decidiu fazer o plantio pode ser prejudicado, pois quando ocorrer a germinação, poderá faltar água para desenvolvimento da cultura. Vitor Veloso reforça que os estudos realizados pelo professor e meteorologista Luiz Carlos Molion estão dentro da realidade, de que a região terá um bom ano de chuvas, especialmente a partir de 20 de novembro, devendo manter os mesmos índices da safra 2019/2020, com mais de 1.000 milímetros anuais.

Ontem estava prevista uma tromba d’água de 40 milímetros em Montes Claros, nos mesmos moldes do que ocorreu na sexta-feira, dia 16 de outubro, que foi de 43 milímetros. Na cidade de Janaúba, já choveu 32 milímetros este mês. No mesmo período do ano passado foram 71,2 milímetros. Como faltam mais seis dias para encerrar o mês, fica a expectativa da meta a ser alcançada.