Clubes são autorizados a usar quadras e campo de futebol

Os clubes sociais de Montes Claros foram autorizados a liberar o uso de quadra poliesportivas e campos de futebol, conforme o Decreto nº. 4120, de 23 de outubro e publicado no Diário Oficial de sábado. A medida foi determinada por decreto, apesar do procurador-geral do município Otávio Batista Rocha Machado ter pensado em definir a flexibilização através de Termo de Ajustamento de Conduta. Desde o dia 4 de outubro que os clubes sociais abriram uma campanha pela retomada das suas atividades, em articulação do empresário Paulo Jacinto que promoveu uma reunião dos dirigentes dos clubes com o presidente da Câmara Municipal, José Marcos Martins, abrindo as negociações.

No decreto, o prefeito Humberto Souto explica que o perfil epidemiológico da Covid-19 no Município de Montes Claros tem apontado incidência decrescente de novos casos e a controlada taxa de ocupação de leitos clínicos hospitalares, indicando a possibilidade de flexibilização para permitir o funcionamento das quadras esportivas e campos de futebol existentes nos clubes recreativos. Eles terão que respeitar as determinações obrigatórias de aferição obrigatória de temperatura de todos que adentrarem as dependências dos clubes recreativos, não permitido a entrada de qualquer pessoa com sintomas relacionados à Covid-19.

Fica exigida a obrigatoriedade do uso de máscaras, cobrindo completamente a boca e o nariz, por todas as pessoas que transitarem dentro dos clubes recreativos, somente liberado o seu uso durante a prática da atividade esportiva, dentro da respectiva quadra ou campo. Também devem disponibilizar álcool na concentração de 70% na portaria de entrada dos clubes, bem como na entrada das respectivas quadras e campos; não permitir a presença de público ou torcedores nas arquibancadas ou imediações das respectivas quadras ou campos; garantir o distanciamento mínimo de dois metros entre os demais participantes, jogadores reservas e comissão técnica, caso houver.

Os chuveiros e bebedores deverão ser desativados; o uso de banheiros e vestiários será exclusivamente, para necessidades fisiológicas; proibido o uso das piscinas e saunas dos clubes recreativos; vedada a venda e o consumo de bebidas alcoólicas nos bares/restaurantes, bem como nas demais dependências dos clubes. Somente os respectivos colaboradores e atletas terão acesso aos clubes, que poderão utilizar somente uma portaria de acesso; no intervalo de cada partida deverá ser providenciada a higienização das respectivas quadras ou campos; devem realizar treinamento de seus colaboradores, para orientação sobre a adoção dos cuidados necessários à prevenção da propagação do agente novo coronavírus (SARS-COV-2).