Comad quer proibir festas com ingressos a bebidas

A reunião do CONSEP

O Conselho Municipal de Álcool e Outras Drogas (Comad) quer proibir a realização de eventos onde o nome da festa tem como  ingresso  a comercialização de bebidas alcoólicas. O presidente William César Ireno apresentou a proposta durante a reunião do 145º Conselho de Segurança Pública Escolar, realizada, ontem de manhã, na escola estadual Armênio Veloso. Ele anunciou que  pretende abrir a discussão sobre esse assunto com os órgãos competentes, pois é preciso refletir sobre essas festas temáticas, que tem como alvo principal a juventude, contribuindo com a escala do consumo de bebidas e até mortes no trânsito.

O presidente apresentou durante a reunião como é  o COMAD, seus objetivos e ações na defesa e implementação de políticas públicas no combate as drogas, destacando o álcool e fumo junto aos adolescentes. “Propusemos uma maior aproximação do Comad com o Consep, no sentido de parcerias e ações integradas, disponibilização de palestrantes, visitas aos estabelecimentos de ensino. Chamamos a atenção da urgente necessidade de políticas voltadas ao resgate do seio familiar, na recuperação da autoridade tanto da Escola como do professor como o principal agente transformador da sociedade” – explica William César Ireno.

Na reunião, o comandante da 145ª Companhia do 10º Batalhão da Polícia Militar, tenente Michael Stephan, apresentou o projeto “Drogas, um caminho sem voltas”, organizado pela corporação e que envolve todas as escolas. Na escola estadual Armênio Veloso, a direção e os professores criaram o projeto “Todos Contra as Drogas”, que reforçará a campanha da Polícia. O presidente do 145º Consep, Charles Gutembergue, anunciou ainda a realização da Rustica Escolar, a ser realizada na Lagoa do Interlagos e ainda o Mérito Escolar, a ser feito ainda este ano.