Comitê de Situação de Rua define ação para dia 26

O Comitê de Moradores em Situação de Rua se reuniu, ontem de manhã, na sede do Ministério Público, para definir os detalhes da campanha  ser realizada no dia 26, em Montes Claros, na Praça da Matriz. O evento foi coordenado pelo juiz Richardson Brant Xavier e pelo promotor Paulo César Vicente Lima. A cidade de Montes Claros ainda esbarra na falta de um local que funcione 24 horas por dia para atender essas pessoas. A Prefeitura está selecionando qual espaço poderá abrigar esses moradores, no sistema de albergue, onde possam, além de tomarem banho e se alimentarem, pernoitarem.

O projeto Rua do Respeito é desenvolvido pelo Tribunal de Justiça de Minas Gerais e pelo Ministério Público e desde 2015 tem procurado resolver a situação em Montes Claros. A Casa Pop, que funciona apenas durante o dia, tem uma frequência de aproximadamente 80 pessoas. Porém, o Consultório de Rua tem um cadastro de 400 pessoas atendidas em Montes Claros. No evento do dia 26, as faculdades da cidade atuarão com prestação de serviços. (GA)