Coteminas assume Fiação da Santanense em Montes Claros

O Grupo Coteminas transferiu todo setor de fiação da sua fábrica Santanense para a Cotenor, que fica no Distrito Industrial, em mudança que preocupou os tecelões, pois 90 operários foram remanejados para a unidade. Os movimentos sindicais ficaram preocupados com o risco de demissão desses operários, mas a direção da empresa explica que o remanejamento foi por questões logística e negociado com os funcionários e sem qualquer dano. O secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Edilson Carlos Torquato confirmou a situação, pois lembra que essa mudança começou há um mês atrás, mas sem causar impactos sociais, com demissões de servidores.

Ontem de manhã o Jornal GAZETA conversou com Eduardo Campolina, quando ele explicou que a Santanense contava com aproximadamente 150 funcionários em sua unidade de Montes Claros e o Grupo  Coteminas decidiu consolidar a produção de fiação na unidade principal da empresa, com foco na produção de lençol. Por isso, transferiram todos 90 operários. A Santanense continua com a tecelagem, de forma normal.