Dupla montes-clarense se prepara para lançar CD autoral

Os irmãos Lucas e Eduardo começaram como músicos profissionais
em 2015

Os irmãos Lucas e Eduardo, de 17 e 19 anos, se preparam para lançar o primeiro CD da dupla, com doze canções autorais. Os dois jovens cantores estão ganhando espaço no Norte de Minas com a música sertaneja.

A dupla conta que se inspira em grandes que nomes estão nas paradas de sucesso como Wesley Safadão, Marília Mendonça e tantos outros que começaram da base, de suas origens.

“Sempre tivemos grande inspiração em casa, herdando do nosso avô paterno o gosto pelos instrumentos e pela música, o apoio dos familiares e, em especial, nosso maior incentivador que é o nosso pai, que durante as festas da família, se apresentava e nos colocava para participar deste momento de confraternização e carinho”, disse Eduardo Dias Petroni, o mais falante entre os dois.

O irmão Lucas, mais reservado, conta que aprendeu os instrumentos de forma autodidata e hoje, se apresenta no violão, mas também no contrabaixo, baixo acústico e sanfona.

“Desde pequeno, meu irmão e eu, quando íamos às lojas de brinquedos, não queríamos carrinhos ou outros brinquedos comuns a toda criança. Sempre procurávamos instrumentos musicais infantis como violão, flautas, entre outros”, ressaltou o caçula da dupla.

A carreira dos irmãos, como músicos profissionais, teve início em 2015, se apresentando em espaços e eventos regionais de grande público como a Exposição Agropecuária de Montes Claros (Expomontes), além de festas tradicionais como a Vaquejada Nacional de Coração de Jesus, Exposição de Janaúba (Expô Janaúba), Pirapora, Rio Pardo de Minas, Diamantina, Januária e outras de destaque regional.

A dupla também abriu shows de grandes artistas nacionais como as irmãs Maiara & Maraisa, Zé Felipe, Matheus & Kauan, entre outros. Agora, os dois se preparam para a gravação do primeiro CD de autoria com 12 faixas inéditas.

“Este trabalho tem sido muito aguardado e, certamente, será um divisor de água do nosso trabalho. São todas músicas próprias especialmente selecionadas para compor este CD”, disse Lucas.

Sobre o trabalho com a banda musical, Eduardo conta que nos shows o ritmo mais pedido ainda é o Sertanejo universitário, mas não deixam de atender pedidos de músicas e mesclam no repertório, o funk, rock nacional, pop, sertanejo raiz e uma pitada de eletro e pancadão.

“Procuramos atender a todos os gostos, pois sabemos que o público gosta desta mistura, desta efervescência cultural que agita o Brasil de Norte a Sul e de Leste a Oeste. E o nosso primeiro trabalho promete surpreender a todo. É esperar para ver, gostar e curtir”, finalizou Eduardo. (AF)