Empresários contratam jovens infratores em Montes Claros

Cresceu a quantidade de empresas que aderiram a  Rede de Apoio Interinstitucional, para contratação de adolescentes infratores como aprendizes nos seus estabelecimentos comerciais. Durante reunião realizada segunda-feira (8) na Câmara de Dirigentes Lojistas, três empresas manifestaram interesse em participar do projeto, realizado pelo Ministério Público, através da Curadoria da Infância e Juventude e a Diretoria de Formação Profissional Cultura e Esportes do Centro de Ressocialização do Menor. O diretor Cláudio Tourinho explica que, com isso, são seis empresas interessadas. Desde o dia 17 de junho esse projeto foi lançado em Montes Claros.

O projeto é voltado para a política pública de atenção às medidas socioeducativas que visam à inserção de jovens aprendizes no mercado. O diretor Cláudio Tourinho explica que o Centro Socioeducativo de Montes Claros conta atualmente com 80 internos, sendo que 70% deles são de outras comarcas e, portanto, não podem ser inseridos nesse projeto. Com isso, 26 adolescentes que são de Montes Claros podem ser contratados. Ele espera em pouco tempo preencher essas vagas, mas salienta que esses adolescentes passam por capacitação profissional e ainda precisam ser orientados sobre as medidas socioeducativas que precisam cumprir para não perderem o benefício. (GA)