Gasolina registra nova queda no preço para consumidor em Moc

O preço da gasolina oscila em até R$ 0,21 pelo litro em Montes Claros, em nova guerra de preços aberta pelos empresários do setor, por causa da queda do consumo. O maior preço está de R$ 4,299 e o menor preço de R$ 4,15, porém quem usa aplicativo encontra o produto a R$ 4,08. Com isso, quem abastecer 100 litros do produto economiza até R$ 21,00. O presidente do Sindicato dos Postos de Combustíveis do Norte de Minas, Gideon Durães explica que desde quando o preço da gasolina aumentou, caiu o consumo. Por consequência, como todos os postos tem uma cota a cumprir, tem de usar os bônus ofertados pelas revendedoras e repassar aos clientes, pois tem de cumprir o contrato com a litragem mensal.

Em vários postos, a gasolina está saindo a R$ 4,17 e teve uma queda média de R$ 0,8 no litro. Porém, no mês de maio, o produto chegou a ser vendido a R$ 3,97 em Montes Claros. Na manhã de ontem (30), o motorista Osvaldo Matias se queixou da oscilação de preço do produto em Montes Claros e entende que o Procon deveria fazer uma fiscalização para esclarecer a situação. Ele afirma que trabalha com autônomo, com o transporte de passageiros por aplicativos, pois foi essa forma que encontrou para superar o desemprego e está impressionado como os preços mudam de uma hora para outra, parecendo que é pela vontade do dono do posto.

O presidente do Sindicato dos Postos, Gideon Durães explica que a comercialização da gasolina caiu entre 30% a 40% em Montes Claros e isso levou os empresários do setor a buscarem um atrativo para o consumidor. No seu posto, o preço do produto é de R$ 4,15, sendo o melhor da cidade para quem compra sem aplicativos. Porém quem usa aplicativo, consegue o preço de R$ 4,089. “Meu posto tem um contrato de 200 mil litros com a revendedora e ganho bônus para manter esse contrato. Porém, se descumprir o contrato, perco o bônus. Por isso, uso esse bônus para cair o preço e atrair mais consumidores”, justifica o presidente.