HUCF promove roda de conversa online sobre saúde do homem

O Novembro Azul é o mês dedicado a conscientização e prevenção do câncer de próstata, no intuito de estimular os homens a cuidar da saúde e procurar um médico. Este é o tipo de câncer mais comum entre os homens, é a causa de morte de 28,6% da população masculina que desenvolve neoplasias malignas.

Nesse sentido, o Hospital Universitário Clemente de Faria (HUCF), vinculado à Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes), promove um circuito de palestras com o tema “Saúde do homem: promoção e prevenção”.

As rodas de conversa contam a participação de vários médicos especialistas que trazem novos conhecimentos sobre a doença e a importância dos homens fazerem os exames necessários à prevenção. A conscientização é voltada para os colaboradores do hospital.

O urologista Conrado Leonel Menezes, um dos palestrantes do evento, ressalta que as rodas de conversa desenvolvidas pelo HUCF ajudam na quebra de preconceitos. “As palestras fazem com que a informação chegue às pessoas, e assim, conscientizam a população que ir ao médico e procurar ajuda é a melhor saída, principalmente entre os homens, pois muitos acham que são super-heróis e que essas doenças não lhes acometem”, afirma o especialista.

De acordo com Conrado Menezes, o homem deve ter um acompanhamento regular com o médico urologista, podendo começar na adolescência e continuar até a vida adulta. “O acompanhamento com o urologista pode começar desde a adolescência para a prevenção do câncer de próstata e de outras doenças. Para o câncer de próstata, os homens que não possuem fator de risco para a doença precisam ir ao médico aos 50 anos e quem possui fator de risco (raça negra ou histórico familiar) precisam ir a partir dos 45 anos”, ressalta.

A coordenadora do Núcleo de Desenvolvimento Humano (NDH) do HUCF, Mariza Alves Barbosa Teles, uma das organizadoras do evento, relata a importância desses debates pelo sistema on-line. “Palestras dessa natureza são de grande relevância, porque possibilitam uma sensibilização da população em geral, e do público masculino em especial, sobre a importância da saúde do homem e do conhecimento de medidas de promoção da saúde e de prevenção de doenças facilmente evitáveis, como o câncer de próstata”, pondera.

Rafael Gomes Sousa, estagiário de Enfermagem no HUCF, avalia que a roda de conversa pode diminuir o preconceito dos homens quanto ao assunto. “As palestras são muito proveitosas quanto à obtenção de conhecimentos. Penso que a informação tem o poder de minimizar o estigma e o preconceito. Ao explanar acerca das vantagens da consulta e sobre os riscos que os homens se expõem em não se cuidarem, o urologista induz uma reflexão masculina”, finaliza.

As próximas palestras acontecem na próxima sexta-feira (27). Sendo uma ministrada às 10h, pelo médico Evaldo Jenner Filho e outras às 17h, ministrada pelo médico Gustavo F. Carneiro.