Marcha contra o racismo e a intolerância religiosa

Será realizada hoje a tarde em Montes Claros uma marcha contra o racismo e intolerância religiosa, que busca valorizar os direitos da população negra no ambiente universitário, com o respeito às individualidades afro-religiosas. Este é o chamamento que a Unimontes, por intermédio do Núcleo de Estudos Afro-Brasileiros (NEAB) e do Programa de Educação Tutorial em Ciências da Religião (PETCRE), faz à comunidade acadêmica e ao público em geral para a I Marcha Universitária contra o Racismo e a Intolerância Religiosa. Será nesta quinta-feira, às 16h30, com concentração no prédio 2 (Centro de Ciências Humanas), do campus-sede. A atividade será precedida pelo I Encontro da Juventude Negra da Unimontes, programado para as 14 horas, no auditório do prédio 2.  Os dois eventos integram as atividades do 13º Fórum de Ensino, Pesquisa, Extensão e Gestão (FEPEG) e reforçam as ações institucionais pelo mês da Consciência Negra, celebrado em novembro.

Além disso, agregam às propostas dos alunos e professores para garantir um espaço para a luta, a conquista e a resistência do povo negro Além disso, fomenta a criação do Movimento “Negro Estudantil na Universidade”, que pretende concentrar as discussões e buscar soluções para o acesso dos universitários negros no ensino superior, a efetiva aplicação das políticas públicas para a sua permanência e melhorar a convivência no ambiente acadêmico. Além da Marcha e do Encontro da Juventude Negra, a Unimontes promoverá, em breve, o 1º Congresso “Acadêmicos Negros na Universidade”, ainda neste semestre. Já foi promovida, mês passado, a 1ª Assembleia da Juventude, no campus-sede.