Moc aplica multas a 14 acusados de descumprir quarentena

O município de Montes Claros notificou ontem, 14 pessoas acusadas de terem descumprido a ordem de quarentena por causa do Covid-19, conforme publicação do Diário Oficial. Cada pessoa foi multada em 30 Unidades Padrão Fiscal do Município, que custa R$ 37,51 e implica em uma multa de R$ 1.125,30. O gerente da Vigilância Sanitária, Sinvaldo Pereira Silva abriu prazo de 15 dias para quem desejar entrar com recurso ao auto de infração aplicado ou 30 dias para pagar a multa. Essa multa é inédita em Montes Claros, pois pela primeira vez é aplicada em pessoas físicas.

Os acusados são Eustáquio Ferreira Macedo, Fagner Rodrigo Evangelista, Fernanda Eugênia Santos, Gelson Fernando de Oliveira, Jailson Toledo da Silva, João Otávio Morato Pêgo, José Geraldo Pereira, Larissa Viana Ferreira, Nelson José Rodrigues Júnior, Maria Aparecida Vieira, Rodrigo Aguiar Souza, Rosângela Odália Azevedo Soares, Samella Cristina de Brito Alves e Samuel Felipe Vieira Rodrigues.  Na notificação é explicada que as pessoas físicas tomem conhecimento da autuação aplicada em virtude do descumprimento das medidas de quarentena.