MOC se destaca no índice nacional de governança municipal

O município de Montes Claros se destacou no Índice do Conselho Federal de Administração na área de Governança Municipal, que analisa os resultados das políticas públicas para a sociedade, levando em conta os dados de Mortalidade Infantil,  Cobertura de Atenção Básica, Cobertura Vacinal, Abandono Escolar, IDEB, Taxa de Distorção Idade-Série, Crimes Violentos, Acesso à Água e Esgoto e Vulnerabilidade Social. Montes Claros obteve a Nota 8,56 na escala de 10 no índice de Desempenho, ocupando a 24ª posição entre as 154 cidades analisadas dentro do Grupo da pesquisa, formado por municípios com mais de 100 mil habitantes e com PIB Per Capita de até R$ 28.900.

O resultado deixou Montes Claros acima dos indicadores de algumas capitais, como João Pessoa/PB, Fortaleza/CE, Salvador/BA, Natal/RN, São Luís/MA e Maceió/AL, curiosamente todas elas do Nordeste. Para chegar à nota de 8,56, foram computados os resultados de Educação, onde Montes Claros alcançou 9,44;   Saúde com  8,14; Qualidade habitacional com 8,7; Vulnerabilidade social com 7,3; e Segurança com 8,21. O estudo considerou dados fornecidos pelo DataSUS, INEP (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), Mapa da Violência, SNIS (Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento) e Ministério da Cidadania. 

O prefeito Humberto Souto entende que o índice CFA demonstra que as diversas políticas públicas efetuadas no Município de Montes Claros, em todas essas áreas, estão alcançando seu objetivo final, ou seja, trazendo melhorias para a qualidade de vida da população.