TRÂNSITO | Mapa Social mostra Moc em 3º lugar em acidentes

O Mapa Social de Minas Gerais, realizado pelo Ministério Público, apontou a cidade de Montes Claros em 3º lugar em acidentes de trânsito com vítimas, com 2.394 casos em 2017. A cidade ficou atrás apenas de  Belo Horizonte, com 10.704; e de Uberlândia, com 4.624 casos, conforme os dados da área de segurança pública. Na saúde, Janaúba ficou em 2º lugar em investimentos, com base nos dados de 2015, com 44.80%, ficando atrás apenas de São Sebastião do Paraíso,  com 48.80%. O município de Brasília de Minas ficou em 4º lugar, com 42,40%. Depois vem Taiobeiras, que está na 23ª colocação estadual, com 35,50%. Na educação, a melhor colocação do Norte de Minas foi o município de Ponte Chique, que está  em 19º lugar em Minas, com 43,30 das crianças de até três anos na escola, em 2016. O primeiro colocado é Marilac com 84,10%.

O Mapa Social é composto por painéis de indicadores sociais, formados por gráficos e mapas do estado contextualizados em municípios, regiões de planejamento e comarcas. Os indicadores sociais foram divididos por quatro macro áreas: Visão Geral, Educação, Segurança e Saúde. Há ainda o painel Desempenho, que apresenta comparativos entre diferentes indicadores sociais e um demonstrativo de como evoluíram historicamente, e o painel Glossário, que contém a descrição conceitual dos indicadores sociais.

A ferramenta utiliza bases de dados oficiais e públicas do Índice Mineiro de Responsabilidade Social (IMRS): Fundação João Pinheiro; Datasus; Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE); Minas em Números; Atlas Brasil; Índice Firjan de Desenvolvimento Municipal (IFDM): Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan); Portal Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Anísio Teixeira (INEP). 

O Ministério Público de Minas Gerais, por meio do Gabinete de Segurança e Inteligência,  lançou no dia 7 de agosto, o Mapa Social,  ferramenta digital que oferece o panorama da realidade socioeconômica e demográfica do estado de Minas Gerais e de cada um de seus 853 municípios. Por meio dela, é possível pesquisar, explorar e comparar um grande volume de informações dos municípios mineiros de forma rápida e interativa.  Durante o evento de lançamento do produto, na Procuradoria-Geral de Justiça,  o procurador-geral de Justiça, Antônio Sérgio Tonet, destacou o empenho da instituição em se atualizar e inovar, em consonância com as rápidas transformações da sociedade e com a multiplicação das demandas sociais, sem, contudo, abrir mão de uma gestão absolutamente comprometida com a redução dos gastos públicos.