CULTURA | CineMaterna estreia em Montes Claros na próxima terça-feira

Depois do lançamento, haverá uma sessão CineMaterna 
todos os meses na cidade

As trinta primeiras mães que chegarem ao cinema com seus nenéns não pagam ingresso

A pedido das mamães, o CineMaterna, que é sucesso de público em várias cidades do país, está chegando à Montes Claros. As sessões especiais de cinema para mães com bebês de até um ano e meio, serão realizadas no Cinemais do Montes Claros Shopping. A estreia está marcada para a próxima terça-feira (16) às 14h. As trinta primeiras mães que chegarem ao cinema com seus nenéns não pagam; as demais podem adquirir os ingressos na bilheteria, bem como os acompanhantes. 

O filme em exibição será ‘Extraordinário’. Baseado no best-seller de R. J. Palacio, o longa conta a história de um garoto de 10 anos que nasceu com uma deformação facial e que já passou por 27 cirurgias. Ele irá frequentar uma escola regular pela primeira vez, como qualquer outra criança, precisando se esforçar para conseguir se encaixar em sua nova realidade.

“O pós-parto é sempre um momento delicado e sair de casa pode ser um desafio. E é nessa fase da vida, em que a mulher está muito carente de diversão, que o CineMaterna tira essa mãe de casa e a leva para o cinema, mas sempre junto de seu bebê, que muitas vezes ainda mama e precisa de sua companhia. O CineMaterna conhece profundamente esse universo e promove o retorno dessas mulheres à vida social, proporcionando entretenimento e cultura. No cinema, elas desfrutam de um momento de alegria e relaxamento” diz Irene Nagashima, fundadora do CineMaterna, que estará presente na estreia.

A sessão CineMaterna está sendo preparada especialmente para proporcionar conforto e facilidades para mães e bebês, com som do filme e ar condicionado suaves, sala levemente iluminada e tapete emborrachado para os nenéns que já andam ou engatinham. Haverá também trocadores dentro da sala de exibição, equipados com fraldas, pomadas e lenços umedecidos, que podem ser usados gratuitamente, bem como um ‘estacionamento’ de carrinhos de bebês.  Mães voluntárias vão recepcionar o público e estarão prontas para ajudar em caso de necessidade. Para usufruir de toda essa comodidade, não é preciso reservar lugares.

Letícia Novato, uma das organizadoras locais, explica que conheceu o projeto por meio de uma prima que frequenta o CineMaterna em Belo Horizonte.

“Ela falou a respeito do projeto e eu fui pesquisar mais sobre o assunto. Entrei em contato com a organização, mas na época, não havia mais vagas disponíveis, quando apareceu espaço, eles me deram retorno. Procurei os dois cinemas da cidade, e o Cinemais mostrou interesse em desenvolver o CineMaterna”, conta a voluntária, destacando que depois do lançamento, haverá uma sessão CineMaterna todos os meses.

Presente em 112 cinemas espalhados por 45 cidades de 17 estados brasileiros, o CineMaterna já levou mais de 400 mil pessoas às mais de cinco mil sessões que já realizou. 

“Queremos ajudar essas mulheres a tirar o pijama e se aventurar para além do consultório do pediatra. Queremos que elas descubram que, sim, o mundo continua igual lá fora e elas podem fazer parte dele com o seu bebê nos braços. Por isso, estamos muito felizes que o CineMaterna esteja chegando a mais uma cidade de Minas Gerais”, enfatiza Nagashima.

 

Sobre o CineMaterna

 

O objetivo da Associação CineMaterna é resgatar o convívio social das mães no pós-parto, proporcionando a elas uma oportunidade de retornar à vida cultural e de criar uma nova rotina saudável, de lazer e integração, em companhia do neném de até um ano e meio. E para que a experiência seja prazerosa, tranquila e confortável para mães e bebês, uma equipe de voluntárias transforma as salas de exibição onde acontecem as sessões em um cenário perfeito para agregar o máximo de conveniência e facilidades. O ambiente é levemente iluminado, o volume do som é reduzido, o ar condicionado é mais suave e são colocados trocadores dentro da sala, abastecidos com fraldas, pomadas e lenços umedecidos, que podem ser usados gratuitamente; além de um “estacionamento” de carrinhos de bebês.

Para atender à demanda em todo o país, a equipe da ONG CineMaterna conta com 393 colaboradoras, entre administrativas e mães voluntárias que atuam nos cinemas recepcionando o público e prontas para ajudar em caso de necessidade. (AF)