Aumento do pedágio na BR-135 foi suspenso

A concessionária Ecovias, que explora na BR-135, anunciou na tarde de ontem (31) que adiou por 90 dias a cobrança do reajuste da tarifa de pedágio, que começaria a meia noite de hoje. A empresa alega que foi por causa da pandemia do (...)

Fiemg divulga estudo com instabilidade econômica provocada pelo coronavírus

Entidade prevê retração de até 27,6% no Estado em virtude das medidas adotadas contra o Covid-19 Os reais impactos econômicos provocados pela pandemia do coronavírus ainda são difíceis de serem mensurados, sobretudo em virtude dos (...)

O setor turístico apela: não cancele, remarque!

Em tempos incertos de trágico afastamento social e isolamento domiciliar, um dos setores econômicos que mais sofre com as medidas de prevenção e contenção do Covid-19 é o Turismo. Estamos falando de um setor responsável por cerca(...)

PIB mineiro cresceu 0,6% no último trimestre de 2019

O PIB mineiro cresceu 0,6% no quarto trimestre de 2019, em comparação com o trimestre imediatamente anterior. O resultado se justifica pela variação positiva da agropecuária (10,6%), do segmento de energia e saneamento (2,5%), da (...)

Clientes dos cinco maiores bancos podem pedir prorrogação de dívidas

Clientes pessoas físicas ou micro e pequenas empresas dos cinco maiores bancos do país podem pedir prorrogação, por até 60 dias, dos vencimentos de dívidas. A medida não vale para cheque especial e cartão de crédito.

BNB prorroga empréstimos e financiamentos

O Banco do Nordeste anunciou a possibilidade de prorrogação de empréstimos e financiamentos por até seis meses, contratados com empreendimentos impactados pela crise econômica gerada pela pandemia do novo coronavírus.

BDMG abre crédito para empresas do setor de Saúde se preparar para Covid-19

O Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG), em função do avanço da Covid-19, disponibiliza, a partir de ontem (16/3), três linhas de crédito com condições especiais para auxiliar empresas de todos os portes pertencentes ao (...)

Guedes anuncia R$ 147,3 bi em medidas emergenciais contra coronavírus

O ministro da Economia, Paulo Guedes, anunciou a pouco que o governo pretende injetar até R$ 147,3 bilhões na economia nos próximos três meses para amenizar o impacto do coronavírus sobre a economia e o sistema de saúde.

Ministro da Economia afirma que resposta à crise são as reformas

O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou ontem (9) que a melhor resposta à crise, impulsionada pelo coronavírus, são as reformas. Segundo ele, a reforma administrativa pode ser enviada ao Congresso Nacional ainda esta semana, (...)

Receita libera consulta a lote residual de restituição do IR

Já está disponível para consulta o lote multiexercício de restituição do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF), contemplando restituições residuais referentes aos exercícios de 2008 a 2019.

Classificados