BNB assume compromisso de desburocratizar operações

a sede da Superintendência

O Banco do Nordeste assumiu o compromisso de agilizar os projetos apresentados pela área mineira da Sudene, como forma de fomentar as atividades econômicas e superar os impactos causados pela pandemia coronavírus. O assunto foi discutido na live “Soluções do Banco do Nordeste para o agronegócio em tempos de pandemia”, em transmissão online ao vivo, organizada pela instituição na manhã de terça-feira, em Montes Claros, com o superintendente estadual do BNB nos estados de Minas Gerais e do Espírito Santo, Wesley Maciel.

Ele explanou sobre as renegociações de dívidas com base em resoluções legais e afirmou que as operações de custeio ou investimento contratadas desde 1° de janeiro e que já estejam vencidas ou a vencer podem ser prorrogadas até o próximo dia 15 de agosto. Também há possibilidade de renegociação para produtores rurais e cooperativas singulares de produção agropecuária que tenham sofrido perdas na renda em decorrência de seca ou estiagem.

Participaram da live, além do superintendente, os convidados José Luiz Maia (Sociedade Rural de Montes Claros), José Avelino (Sindicato Rural de Montes Claros), Ricardo Demicheli (Emater-MG) e Rômulo Labate Marques (Sociedade Rural de Montes Claros). Maciel destacou ainda que o BNB é o principal agente financeiro do agronegócio em sua área de atuação e responde por 54% do crédito rural na Região. Ele também deu informações sobre as condições de acesso às principais linhas de crédito da instituição voltadas para o setor.