Escolas já podem inscrever alunos na Olimpíada de Matemática 2019

As inscrições da 15ª Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (Obmep), que em 2019 tem como tema os povos indígenas, estão abertas até o próximo dia 15 de março. A maior competição científica do país é destinada a estudantes dos ensinos fundamental (6º ao 9º ano) e médio, e realizada pelo Instituto de Matemática Pura e Aplicada (Impa).

Escolas municipais, estaduais, federais e privadas podem participar da olimpíada e devem fazer as inscrições por meio do preenchimento da ficha de inscrição disponível exclusivamente na página da Obmep. As provas serão aplicadas em 21 de maio (primeira fase) e 28 de setembro (segunda fase) e distribuídas de acordo com o grau de escolaridade do aluno: nível 1 (sexto e sétimo anos), nível 2 (oitavo e nono anos) e nível 3 (qualquer ano do ensino médio).

Em 2018 o evento reuniu 18,2 milhões de estudantes de 99,4% dos municípios brasileiros. A olimpíada premia separadamente alunos de escolas públicas e privadas. Aos primeiros serão concedidas 6.500 medalhas (500 ouros, 1.500 pratas e 4.500 bronzes) e até 46.200 certificados de Menção Honrosa. Estudantes de instituições particulares receberão 975 medalhas (75 ouros, 225 pratas e 675 bronzes) e até 5.700 certificados de Menção Honrosa. Os premiados com medalha de ouro, prata ou bronze garantem o ingresso em programas de iniciação científica.

De acordo com o Instituto de Matemática Pura e Aplicada (IMPA), a Obmep 2019 tem o apoio da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco). Além do selo da organização, todo o material de divulgação da olimpíada tem a logo do Ano Internacional das Línguas Indígenas, iniciativa da Unesco. Os cartazes da Obmep 2019 são ilustrados pela matemática nos desenhos simétricos dos povos indígenas. (JM)