Trilha da Leitura inicia as apresentações da peça ‘Minha Cidade, Meu Tesouro’

A equipe do projeto Montes Claros na Trilha da Leitura realizou, no auditório da Escola Técnica, sessões especiais do seu novo espetáculo teatral ‘Minha Cidade, Meu Tesouro’, tendo como público alunos de Cemei’s, entidades parceiras e escolas com Educação Infantil. As apresentações continuam nos dias 9, 10, 11, 16, 17 e 18 deste mês, no mesmo local. 

“O nosso objetivo é levar o teatro a todas as unidades de forma rápida e eficaz, uma vez que o auditório comporta 700 crianças de cada vez, possibilitando às escolas trabalharem com o tema a partir da apresentação. Nesses três dias, percebemos que as crianças viajaram no tema, com a atividade de caça ao tesouro, que traz diversão e expectativa, proporcionando uma aprendizagem prazerosa. Sem dúvida este trabalho possibilitará a vontade de conhecer e preservar os tesouros da nossa cidade, e acredito que isso contagia não só as crianças, mas toda a família”, comenta a coordenadora do Trilha, Éllen Santa Rosa.

O teatro Minha Cidade, Meu Tesouro aborda a busca da personagem Lalinha pelo significado da palavra "tesouro", tema que está sendo trabalhado na sua escola. Com um livro que ganhou da avó, ela embarca em uma aventura com Peter Pan e sua turma à procura do tesouro escondido. Ao final, descobre que os verdadeiros tesouros estão bem visíveis no mundo real, na sua cidade e, precisam ser preservados. “Com certeza esse novo teatro proporcionará um impacto muito importante na vida dessas crianças. A forma bem clara como ele é apresentado, mostrando as características e lugares de Montes Claros, é muito relevante. Nossos alunos amaram”, destaca a supervisora da Escola Municipal Egídio Cordeiro Aquino, Jeanne Pereira da Silva. 

Além dos alunos da Egídio Cordeiro, as sessões do teatro contaram com a presença de estudantes dos Cemei’s Profª. Idoleta Maciel, Ruth Tupinambá, Nova Vida, Padre Murta, Profº. Hamilton Lopes, Aninha Ribeiro, Profª. Elizabeth Soares, Eloim Lopes, Paulo Freire, Alegria de Viver, Amiguinhos da Adelour, Profª. Maria da Conceição de Almeida Costa, MeiMei, Profª. Ana Lúcia Mota e O Bom Samaritano; das escolas Ruy Laje (Infantil), Profª. Maria de Lourdes Pinheiro, Aurora Monteiro, Geraldo Pereira de Souza; e dos parceiros Projeto Comunitário Betel, Projeto Comunitário Nova Canaã e Colégio São Luiz Gonzaga.