UFMG e Fundep lançam programa de aceleração de laboratórios

Laboratório da Faculdade de Farmácia da UFMG

Iniciativa pioneira no país de aceleração de laboratórios, o Programa Outlab está com as inscrições abertas, até quarta-feira, 19 de junho, para apoiar o desenvolvimento comercial de instalações da UFMG. Os interessados devem preencher o formulário, e, no ato da inscrição, o coordenador do laboratório deverá indicar de um a dez integrantes da equipe para as atividades de imersão. A comissão organizadora selecionará, entre os ambientes inscritos, aqueles que apresentarem maior capacidade de conexão com empresas.

O programa, estruturado em conjunto pela UFMG e pela Fundep, visa acelerar parcerias e conexões de laboratórios com empresas e potencializar as suas atividades. Os laboratórios selecionados vão cumprir agenda de nove semanas de imersão para a implementação de metodologias de vendas e sensibilização para o seu potencial comercial. O programa aborda quatro áreas específicas: mercado, serviço, venda e pós-venda. A programação inclui palestras, workshops, orientação individual com agentes de aceleração e mentores, assim como bancas para avaliação e feedback dos resultados. A iniciativa não envolve custos para os laboratórios.

Ao fim da imersão, o laboratório mais bem avaliado pelo seu potencial de interação com empresas receberá acompanhamento e mentorias por mais seis meses, dando continuidade ao seu desenvolvimento comercial. Esse ranqueamento será feito pela equipe do Outlab com base em critérios como assiduidade, número de contatos comerciais ou vendas.

O resultado final será divulgado nas redes sociais oficiais do programa, dois dias após o encerramento das inscrições. Os critérios de seleção podem ser consultados no edital. O processo de imersão será realizado de 24 de junho a 20 de agosto deste ano.

 

Superando entraves

“Transformar as pesquisas científicas em produtos comercializáveis é um processo longo, envolve diversas etapas e muitos riscos. O programa Outlab foi idealizado a partir da identificação de entraves nessa fase de transformação”, afirma o pesquisador e professor Alfredo Gontijo de Oliveira, presidente da Fundep.

 

Escalabilidade

“Por meio de imersão, teórica e prática, a iniciativa tem como objetivo estimular o desenvolvimento de inovações no ambiente empresarial, agregar valor na atividade econômica dos participantes e incentivar o surgimento de casos de sucesso que tenham efeito demonstrativo e multiplicador nas atividades de ensino e pesquisa”, explica a coordenadora do Outlab, Rayza Resende.

De acordo com ela, o caráter inovador da iniciativa está no fato de buscar a “escalabilidade” de soluções já em desenvolvimento. “Seu método visa expandir a vocação comercial dos laboratórios, alavancando os serviços prestados”, explica Rayza.

 

O programa Oulab foi estruturado com base na experiência de mais de quatro anos da Fundep em pré-aceleração, aceleração e atuação no ecossistema de inovação e empreendedorismo.