Alisson explica motivo de não ter comemorado gol contra o Cruzeiro

Alisson fez o segundo gol do Grêmio na vitória sobre o Cruzeiro
Foto: JOÃO GUILHERME/GRÊMIO

O meia-atacante Alisson explicou o motivo de não ter comemorado o gol marcado pelo Grêmio na vitória por 4 a 1 sobre o Cruzeiro. Segundo ele, a decisão foi em respeito ao clube que o formou para o futebol e lhe prestou apoio no período de luta contra lesões musculares.

“O fato de não ter comemorado o gol foi por tudo que vivi no Cruzeiro. Foram 11 anos de clube, onde tive momentos de lesão e eles não me abandonaram. Pelo contrário, sempre me deram forças e acreditaram em mim”, disse, em entrevista.

Alisson jogou pelo time principal do Cruzeiro de 2012 a 2017. Em 168 jogos, marcou 23 gols e deu 25 assistências. Ele conquistou dois Campeonatos Brasileiros, em 2013 e 2014, um Campeonato Mineiro, em 2014, e uma Copa do Brasil, em 2017. O mineiro natural de Rio Pomba, na região da Zona da Mata, comemorou o reencontro com a Raposa.

“Por ter saído por cima, com um título da Copa do Brasil, e por ter sido um ano em que joguei muitos jogos, fico feliz de ter reencontrado meus companheiros. Estou mais feliz ainda com a partida que o Grêmio fez hoje. Visto uma camisa gigante de um clube que vem conquistando títulos e brigando sempre”.

Pelo Grêmio, Alisson já disputou 82 partidas oficiais e marcou 13 gols. O apoiador, de 26 anos, chegou ao tricolor gaúcho envolvido em troca com o Cruzeiro, que recebeu em definitivo o lateral-direito Edilson.

Com a goleada em Belo Horizonte, o time treinado por Renato Gaúcho contabiliza 25 pontos, na 11ª posição na Série A, enquanto os comandados de Rogério Ceni estão na parte de baixo da tabela, em 16º, com 18. (Superesportes)