América fica perto de fechar contratação de Alê, do Cuiabá, para temporada 2020

Alê disputou 28 jogos pelo Cuiabá na Série B, marcou três
gols e deu quatro assistências 
Foto: DIVULGAÇÃO

Depois de o acesso à elite nacional bater na trave com o quinto lugar na Série B (61 pontos), o América se movimenta no mercado e reformula o elenco visando à temporada 2020. E a primeira contratação será o meia Alê, do Cuiabá, que confirmou a chegada a Belo Horizonte para o dia 2 de janeiro, quando assinará vínculo com o novo clube. Segundo o portal Futebol Interior, o jogador era pretendido por Guarani, Água Santa-SP, Novorizontino-SP e CRB.

“A escolha se dá por questão pessoal mesmo. O Guarani já estava no negócio há um pouco mais de tempo por conta do Michel Alves (superintendente de futebol) também, né. Nós trabalhamos juntos. As coisas com o América aconteceram tudo nesta semana. Eu fechei agora. Vou para Belo Horizonte só no dia 2 de janeiro de 2020”, afirmou Alê, ao Futebol Interior.

Procurado pelo Superesportes, o América informou que a negociação está em andamento, mas ainda não foi concretizada. O iminente acerto com Alê ocorre por um pedido do técnico Felipe Conceição. O atleta de 29 anos é tratado como um meio-campista com qualidade no passe e de constante participação em finalizações.

Em 2019, Alê disputou 46 partidas pelo Cuiabá e marcou cinco gols. Na temporada 2018, balançou a rede três vezes em 16 jogos. A serviço do ex-clube, conquistou o estadual de 2019, além de ter alcançado o acesso da Série C para a B, em 2018. Na segunda divisão deste ano, a equipe mato-grossense cumpriu bom papel e terminou em oitavo lugar, com 52 pontos.

Ao longo da carreira, Alê defendeu alguns clubes do futebol mineiro, como Uberlândia, Caldense, URT e Coimbra. Revelado no Primeira Camisa, de São Paulo, também atuou por Taubaté, Osasco, Grêmio Osasco, Grêmio Barueri e Audax Rio.

Antes de se aproximar da contratação de Alê, o América renovou os contratos do goleiro Léo Lang, do zagueiro Lucas Kal, do meia Geovane e do atacante Vitão. A diretoria já havia estendido os vínculos do goleiro Airton, do lateral-direito Leandro Silva e do lateral-esquerdo João Paulo. Por outro lado, foram liberados o goleiro Thiago e os atacantes Elias e Rafael Bilu. Devem sair ainda o volante Morelli e o atacante França. (Superesportes)