América marcou mais de 60% dos gols da temporada durante etapa final

Operário-PR foi uma das vítimas do poder de decisão
do América durante a etapa final de jogo

América já mostrou seu poder de decisão no início desta temporada. Onze dos 18 gols alviverdes deste ano aconteceram durante as etapas finais de partidas, o que corresponde a 61,1% dos tentos assinalados pela equipe. 

Villa Nova, Operário-PR, Tombense e Tupynambás. Estas foram algumas das vítimas do Coelho durante o segundo tempo. Com faro de gol apurado, o time americano não desperdiça as chances de ‘matar’ o jogo. 

Prova disso é de que seis dos 11 gols marcados pelo América aconteceram entre os 16’ e 30’ do segundo tempo. Já os outros cinco tentos foram assinalados até os primeiros 15 minutos da etapa final. 

Força do banco

Os reservas também fizeram a diferença em campo. Geovane garantiu o empate americano com a Caldense, por 2 a 2, na estreia do Estadual. O meia balançou as redes do Horto já nos acréscimos.  

Já Ademir sacramentou a vitória alviverde sobre o Uberlândia por 3 a 0, pela quarta rodada do Campeonato Mineiro. À época, o atacante substituiu o meia Matheusinho, que deixou o campo com dores no tornozelo esquerdo. 

Desde então, Ademir assumiu a titularidade na equipe comandada por Lisca e divide a artilharia da equipe no Estadual ao lado de Rodolfo, com quatro gols cada. (Superesportes)