Com volta de 'selecionáveis' e presença de Cazares, Galo inicia preparação para enfrentar Inter

Cazares participou de trabalho regenerativo na academia junto dos titulares contra o Botafogo
Foto: ALEXANDRE GUZANSHE

Depois da derrota para o Botafogo por 2 a 1, no último domingo, pela 18° rodada da Série A do Campeonato Brasileiro, os titulares do Atlético tiveram um dia de atividades sem bola. Nessa terça-feira, os atletas que iniciaram a partida no Rio de Janeiro fizeram apenas um trabalho regenerativo na academia da Cidade do Galo. O meia Juan Cazares, envolvido em uma denúncia de agressão e estupro, também participou das atividades.

O goleiro Cleiton e o lateral-direito Guga, que estavam com a Seleção Olímpica, retornaram à Cidade do Galo e ficam à disposição do técnico Rodrigo Santana para o duelo contra o Internacional. Antes da convocação, o arqueiro vinha sendo o escolhido do comandante para suprir a ausência de Victor.

Em campo, os reservas fizeram um treino coletivo durante a tarde desta terça-feira. Ao final da atividade, os atletas treinaram finalizações de bola parada.

CAZARES | Depois da denúncia de estupro e agressão, o meia Cazares treinou na Cidade do Galo. Titular na derrota por 2 a 1 com o Botafogo, o camisa 10 participou de atividades físicas na academia, com os demais titulares. O diretor de futebol Rui Costa comentou do caso.

"Ele está ciente que todas as ações dessa magnitude têm consequências internas e externas. As externas, temos que aguardar ainda todo o processo que está se iniciando em uma fase de investigação, e as internas, nós temos que ter muito claro que, qualquer ação que exponha o clube, seus companheiros e a ele, tem consequência", afirmou.

O Atlético volta a campo no próximo domingo, em partida com o Internacional, às 11h, no Independência. Na tabela, apenas três pontos separam as duas equipes. O Galo ocupa a 8ª posição com 27 pontos, já o Inter é o sexto colocado com 30 pontos conquistados.

ENTENDA O CASO | De acordo com o delegado Marcelo Mendel, responsável pelo caso, Cazares deu uma festa que começou por volta de meia-noite do último domingo. O evento teve início depois da chegada do meia a Belo Horizonte. O Atlético enfrentou o Botafogo no domingo, no Rio de Janeiro.

A festa seguiu até 6h da manhã. Segundo a polícia, foi justamente quando a confusão aconteceu. O jogador alega que tudo começou porque as mulheres estavam demorando muito no banheiro. Por isso, ele solicitou que outra pessoa verificasse o que elas faziam lá.

Nesse momento, essa pessoa disse ao equatoriano que as duas jovens estavam usando drogas no banheiro. Ele, então, teria as expulsado da chamada "resenha". As mulheres não queriam deixar a residência e outros convidados entraram na discussão.

Elas ainda afirmam que seus pertences pessoais foram furtados durante a festa. Por conta disso, as mulheres entraram em discussão com outros convidados, o que resultou, segundo elas, em agressões físicas por parte dos amigos e do jogador. Cazares nega. (Superesportes)