Dedé e Leo aparecem em campo, e Cruzeiro treina sob olhares do presidente Wagner

Dedé fez trabalhos de fisioterapia sob orientação de Charles Costa
Foto: VINNICIUS SILVA/CRUZEIRO

Rogerio Ceni comandou, nessa quinta-feira, o terceiro treino do Cruzeiro para o jogo diante do CSA, marcado para o próximo domingo, às 19h, no Estádio Rei Pelé, em Maceió. Os jornalistas puderam acompanhar cerca de 20 minutos das atividades. O presidente do clube, Wagner Pires de Sá, marcou presença na Toca da Raposa II.

As principais novidades foram as presenças dos zagueiros Dedé e Leo em um treino separado, orientado pelo fisioterapeuta Charles Costa. Os dois, que não participaram dos trabalhos iniciais desta semana, são dúvidas para o duelo válido pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Dedé se queixou de câimbras na coxa durante o jogo contra o Santos, vencido pelo Cruzeiro por 2 a 0, domingo, no Mineirão. Ele foi substituído aos 7 minutos do segundo tempo por Cacá. Já Leo, com desgaste na coxa direita, não enfrentou o Peixe. Fabrício Bruno atuou em seu lugar.

Se a dupla titular não tiver condições para a partida de domingo – o que é uma tendência –, Fabrício e Cacá deverão voltar a jogar juntos. Outra opção para o setor é o jovem zagueiro Edu, promovido ao elenco profissional nesta temporada e que tem recebido orientações específicas de Rogerio Ceni nesse início de trabalho do comandante no Cruzeiro.

Uma provável formação para o duelo de domingo tem Fábio; Orejuela, Fabrício Bruno, Cacá (Dedé) e Egídio; Henrique e Dodô; Marquinhos Gabriel, Thiago Neves e David; Pedro Rocha. 

Na 16ª posição, com 14 pontos, Cruzeiro busca a vitória para se afastar da zona de rebaixamento. (Superesportes)