Duelo de opostos: em baixa, Atlético vai jogar contra o embalado Colón

Enquanto o Atlético somou a quinta derrota consecutiva no Campeonato Brasileiro, o Colón, adversário na semifinal da Copa Sul-Americana, vive momento iluminado na temporada. As duas equipes se enfrentarão na próxima quinta-feira, às 21h30, no Estádio Brigadier General Estanislao López, em Santa Fé. O Atlético perdeu os últimos cinco jogos realizados pelo Campeonato Brasileiro. Nesse período, o Galo foi batido por Athletico-PR (1 a 0), Bahia (1 a 0, com o time reserva), Corinthians (1 a 0), Botafogo (2 a 1) e Internacional (3 a 1, contra os reservas do Colorado). Em meio às derrotas, o alvinegro conquistou duas vitórias, ambas contra La Equidad, nas quartas de final da Copa Sul-Americana. O Colón, por sua vez, está embalado. O time vem de quatro jogos de invencibilidade. No período, foram duas classificações na Copa da Argentina - contra Sol de Mayo e Atlético Tucuman -, uma vitória sobre o San Lorenzo, líder do Campeonato Argentino, e um empate com o Rosario Central. Atualmente, o Colón ocupa a 15ª posição. Já na Sul-Americana, os argentinos eliminaram Deportivo Municipal (Peru), River Plate (Uruguai), Argentinos Juniors (Argentina) e Zulia (Venezuela). São cinco vitórias, um empate e apenas uma derrota na competição. Apesar da boa fase do rival, o Atlético precisa dar uma resposta ao torcedor nas próximas semanas. Por isso, o técnico Rodrigo Santana diz que o time tem responsabilidade de chegar à decisão da Sul-Americana. “Vamos estudar o Colón-ARG para ver como a gente vai fazer o jogo na Argentina. Mas eu confio no grupo que a gente vai fazer uma excelente partida lá na Argentina. Essa responsabilidade é toda nossa de passar de fase novamente na Sul-Americana”, disse. (Superesportes)