Fifa condena Cruzeiro a pagar 1,8 mi por contratação de argentino

Pisano não teve sucesso no Cruzeiro

O Cruzeiro foi condenado a pagar ao Independiente da Argentina a dívida referente à compra de 50% dos direitos econômicos do meia Matías Pisano, em janeiro de 2016.

Em documento feito pela Fifa, o Cruzeiro tem 30 dias a partir da data de entrega da notificação para efetuar o pagamento de 500 mil dólares (R$ 1,6 milhão). Além disso, o clube azul ainda terá de pagar uma multa de R$ 162 mil.

O Cruzeiro ainda terá de bancar a custa do processo, algo que ainda ficará em torno de R$ 20 mil. Caso não pague, a Raposa poderá sofrer sanções administrativas e pagar juros de 5% ao ano.

A dívida do Cruzeiro com o Independiente por Pisano é apenas um dos débitos acumulados da Raposa na Fifa, algo que gira em torno de R$ 50 milhões. (Gazeta Esportiva)