Grêmio indica que exercerá opção de compra de Orejuela, do Cruzeiro; valor fixado supera R$ 20 milhões

Grêmio sinalizou que exercerá opção de compra de Orejuela
LUCAS UEBEL/ GRÊMIO

O Cruzeiro poderá faturar até R$ 22,9 milhões nos próximos meses. Isso porque o Grêmio indicou que exercerá a opção de compra de 50% dos direitos econômicos do lateral-direito Orejuela, que pertence à Raposa, mas está emprestado ao Tricolor. Esse é o valor fixado em contrato assinado no início da temporada.

“O Grêmio pode exercer o direito de compra do Orejuela até o final de 2020. Até 31 de dezembro de 2020. Portanto, pode fazer isso de uma maneira tranquila. É um jogador que confirmou. É uma das contratações que a gente entende ter sido extremamente proveitosas. É um jogador de excelência, jogador de Seleção Colombiana. É um jogador que tem uma vitalidade enorme. Agrega muito ao nosso time. O Grêmio tem esse interesse sim e o fará em um momento oportuno”, declarou Romildo Bolzan Junior, presidente do Tricolor, ao podcast ‘Papo Copero’.

Os outros 50% dos direitos de Orejuela pertencem ao Ajax, da Holanda. No início deste ano, logo após metade do ‘passe’ do colombiano por 1,5 milhão de euros, o Cruzeiro emprestou o lateral-direito ao Grêmio e recebeu 150 mil euros e o empréstimo de dois jogadores. O volante Filipe Machado e o atacante Jhonata Robert, que já deixou o clube.

Vale lembrar que o aporte feito pelo Cruzeiro para contratar Orejuela no fim de 2019 foi de Pedro Lourenço, patrocinador do clube. Na última semana, o UOL noticiou que a direção da Raposa não tem mais contato estreito com o ‘mecenas’. O clube rebateu e garantiu que os investimentos do supermercadista não serão reduzidos.

Orejuela chegou ao Cruzeiro no início de 2019. Ele tem 35 jogos oficiais e dois gols marcados pelo clube. O lateral foi um dos poucos destaques no trágico 2019 celeste, que terminou com inédito rebaixamento à Série B do Campeonato Brasileiro.

No Grêmio, o colombiano repetiu boas atuações. Sob o comando de Renato Portaluppi, Orejuela disputou 21 partidas e não marcou gols. Ele começou a temporada na reserva de Victor Ferraz, mas logo assumiu a titularidade e ganhou a confiança do torcedor gaúcho. (Superesportes)