Ídolo do Atlético, Ronaldinho Gaúcho visita obras da Arena MRV: 'Feliz de estar aqui'

Ronaldinho Gaúcho ressaltou felicidade de reencontrar a torcida do Atlético
ALEXANDRE GUZANSHE/EM/D. A PRESS

Ídolo do Atlético, o ex-meia Ronaldinho Gaúcho visitou as obras de construção da Arena MRV, no bairro Califórnia, em Belo Horizonte, na tarde desta quinta-feira. O ex-craque, de 40 anos, foi recebido pelo presidente Sérgio Sette Câmara e foi presenteado com o ‘manto da massa’, camisa que teve mais de 100 mil unidades vendidas.

Durante a visita, Ronaldinho Gaúcho conheceu o Centro de Experiências, espaço que será inaugurado na próxima terça-feira e permitirá ao torcedor acompanhar a maquete do novo estádio, comprar produtos e ver as obras em andamento.

O ex-camisa 10 posou para fotos com dirigentes, convidados e funcionários.

“Muita saudade, deixei muitas amizades aqui. É um lugar que sinto saudades diariamente. Fui muito feliz aqui. É sempre um prazer voltar. A gente já fica imaginando como vai ficar (o estádio) quando estiver pronto. O espaço é enorme, a gente fica imaginando como vai ser. Muito legal participar de todo esse processo, de tudo começar, de ver como vai ficar. Estou muito feliz de estar aqui”, disse Ronaldinho.

 

Perguntado se gostaria de jogar na Arena MRV depois da inauguração, Ronaldinho brincou. “Já estou velho. Pode ser nos veteranos (risos)”.

Presidente do Atlético, Sette Câmara ressaltou a importância de receber um ídolo da torcida no local das obras do estádio.

“A felicidade de receber o Ronaldinho aqui é de todos nós atleticanos, do mais simples torcedor, de todas as gerações, de crianças a idosos. Esse evento nem tinha sido muito divulgado. Ali fora está uma loucura de gente. O Ronaldinho é uma pessoa que deixou uma marca importantíssima na história do Clube Atlético Mineiro. Ele é protagonista daquele time que campeão da Libertadores, da Recopa. Ele se identificou muito com nossa massa. A torcida do Atlético o idolatra, com toda razão. Eu, como torcedor, da mesma forma. É um dia de muita alegria e de reconhecimento com esse ídolo de todas as gerações dos atleticanos, de todas as pessoas que tiveram a alegria de vê-lo em campo com a camisa do Atlético”. (Superesportes)