PSG confirma lesão e Cavani não enfrenta o United

A bruxa definitivamente está solta no Paris Saint-Germain. Depois de perder Neymar por conta de um novo problema no metatarso do pé direito, o clube parisiense confirmou lesão na coxa de Edinson Cavani em comunicado emitido nesse domingo. Assim, do trio de ataque titular, apenas Mbappé estará disponível para o duelo decisivo desta terça-feira, quando a equipe de Thomas Tuchel encara o Manchester United, às 18 horas (de Brasília), pela partida de ida das oitavas de final da Liga dos Campeões.

“Os exames realizados revelaram uma contusão no quadríceps da coxa direita. O tratamento e a duração da ausência dependerão da evolução nos próximos dias”, escreveu o clube.

O uruguaio se machucou na vitória diante do Bordeaux, nesse sábado, pelo Campeonato Francês. Na oportunidade, o camisa 9 marcou o único gol da equipe, de pênalti, e sentiu a contusão no minuto final do primeiro tempo. Ele até tentou seguir em campo após o intervalo, mas não conseguiu e precisou ser substituído.

Veja também: PSG vence, mas Cavani sai machucado e preocupa para oitavas da Champions

Segundo o jornal francês L’Équipe, a lesão é mais séria do que o clube pensava e Cavani pode ficar mais de um mês fora, período que o tiraria até do jogo da volta, marcado para o dia seis de março, no Parque dos Príncipes.

Sem Neymar e Cavani, Thomas Tuchel terá que quebrar a cabeça para armar o ataque parisiense. Di María deve ganhar a vaga na ponta direita, enquanto Choupo-Moting e Draxler, que pode jogar mais adiantado, disputam a lacuna no lado esquerdo.

Para fechar a lista de desfalques do PSG, o lateral-direito Thomas Meunier também não jogará diante do Manchester United. O clube confirmou que o jogador teve uma concussão cerebral na partida diante do Bordeaux e não viaja à Inglaterra. (Gazeta Esportiva)