Zé Eduardo diz que está pronto para aguentar a pressão e elogia: 'Cruzeiro é muito grande'

Zé Eduardo se diz pronto para jogar
GUSTAVO ALEIXO/ CRUZEIRO

De fala tímida, atacante Zé Eduardo não tem medo da pressão que o espera no Cruzeiro. Na zona de rebaixamento da Série B do Campeonato Brasileiro, o clube vive a pior crise da sua história. Em apresentação após a volta do empréstimo ao América-RN, o jovem de 21 anos diz que trabalhou para retornar à Raposa e destacou que está pronto para jogar.

"Muito feliz (de voltar ao Cruzeiro). Vinha trabalhando por essa oportunidade e, graças a Deus, chegou o momento. Que eu possa aproveitar da melhor forma possível e ajudar os companheiros", disse o atacante.

"Vinha buscando essa oportunidade. Cruzeiro é muito grande, sempre vai ter pressão, e tem que acostumar com isso", frisou o atacante, que demonstrou que está recuperado de uma lesão na coxa. "Estou bem, buscar melhorar um pouco mais, porque Série B é um pouco pegado, mas estou bem".

Zé Eduardo marcou nove gols em 10 jogos oficiais em 2020. No primeiro semestre, antes da paralisação das competições por causa da pandemia de Covid-19, balançou a rede quatro vezes em cinco partidas pelo Villa Nova (quatro como suplente). No América-RN, virou titular e contabilizou cinco tentos (quatro no Campeonato Potiguar e um na Copa do Brasil) em cinco jogos.

Zé Eduardo fez mais gols na temporada que todos os centroavantes do elenco: Marcelo Moreno (2 gols em 14 jogos), Thiago (3 gols em 18 jogos) e Roberson (1 gol em 12 jogos). O artilheiro da Raposa no ano é o meia Maurício, com cinco gols em 25 partidas.

"Meu objetivo é chegar aqui e ajudar meus companheiros nesta fase que o Cruzeiro passa. (Os gols são) fruto do trabalho que venho fazendo desde a base e, graças a Deus, está saindo muitos gols, que eu possa fazer muitos aqui e que eu possa ajudar bastante o clube", disse.

"Sou centroavante, mas gosto de me movimentar, gosto de finalizar, não sou de ficar paradão na área, gosto de buscar o jogo", completou.

 

Referências

 

Zé Eduardo se espelha nos atacantes Robert Lewandowski, do Bayern de Munique, e Gabriel Jesus, do Manchester City. Ele também elogiou o companheiro de equipe Marcelo Moreno.

"Gosto do Lewandowski, que é um bom finalizador, do Gabriel Jesus, que se movimenta bem, muito leve, e o próprio Moreno também, que via muito na TV e é uma honra estar no mesmo grupo que ele", destacou o jovem de 21 anos. (Superesportes)