Dia dos Gerais será comemorado em Belo Horizonte

O Dia dos Gerais, sempre comemorado em 8 de dezembro na cidade de Matias Cardoso, no Norte de Minas, será realizado neste sábado, dia 30, em Belo Horizonte. Como o governador Romeu Zema suspendeu essas homenagens neste ano, o Instituto Histórico de Minas Gerais decidiu promover neste sábado o  seminário em homenagem ao Dia dos Gerais. A programação constará no primeiro painel com o tema “As datas cívicas do Estado de Minas Gerais - Art. 256, § 2º da Constituição Mineira”, pela advogada  Beatriz Coelho Morais de Sá, que é do Instituto Historico.

O segundo tema será “O Simbolismo do Sertão”, com o desembargador  Bruno Terra Dias, que foi juiz em Montes Claros.  O terceiro painel abordará o tema “Regiões Norte de Minas, Jequitinhonha e Mucuri e suas potencialidades”, com palestra de  Alexandre Queiroz Guimarães, da Sheffield University e  da Escola de Governo Fundação João Pinheiro. O ultimo painel abordará o tema “Maria da Cruz - Uma heroína do sertão”, com Regina Almeida, dos Institutos Históricos e Geográfico de Minas Gerais, de Pompéu e de Pitangui; e da Academia Feminina Mineira de Letras e da Academia Marianense de Letras.

O Norte de Minas cobra a primazia de ser a origem de Minas Gerais, pois no século XVI foi construída a Igreja de Nossa Senhora da Conceição, na localidade de Matias Cardoso, sendo a igreja mais antiga do território mineiro. A Constituição de Minas Gerais reconhece Ouro Preto como primeira capital mineira e a cidade de Mariana como primeira povoação estadual.