Câmara Municipal define eliminação dos documentos

O Arquivo Público

A Câmara Municipal de Montes Claros formou uma Comissão Permanente de Avaliação de Documentos, que terá a finalidade de analisar os documentos que serão eliminados ou aqueles que devem ser preservados no Arquivo Público da Câmara, o segundo mais antigo da história de Montes Claros, perdendo apenas para o da Arquidiocese. O presidente José Marcos Martins explica que poderá elaborar e atualizar o Plano de Classificação e Tabela de Temporalidade de Documentos; eliminar e/ou transferir os documentos sob sua custódia.          

O presidente salienta a necessidade de definir a finalidade institucional de avaliar e aprovar os trabalhos referentes à gestão de documentos realizada pelo Arquivo Público da Câmara Municipal Vereador Ivan José Lopes, além do prosseguimento das atividades desenvolvidas pela Comissão Permanente de Avaliação de Documentos no âmbito da Câmara Municipal de Montes Claros. Como o cargo de Coordenador Geral do Arquivo Público encontra-se vago, momentaneamente, resolve nomear os novos membros e a Comissão será presidida pela Gerente Administrativa, Eloísa Solange Rosa, enquanto o Cargo de Coordenador Geral do Arquivo Público estiver vago. (GA)