Com maior flexibilização, vereador quer intensificar turismo da saúde

DIVULGAÇÃO

Montes Claros é uma cidade polo com mais de 500 mil habitantes e por ser a mais importante cidade do Norte de Minas, os maiores problemas de todas as naturezas deságuam na cidade. A saúde ocupa um lugar de destaque, já que toda região e mais o sul da Bahia, Espírito Santo mandam centenas de paciente para Montes Claros em busca de melhoria e socorro médico. O que para muitos é um entrave, um problema grave, já que o município recebe quase dois milhões de pessoas por mês em busca de socorro médico para mesmo na pandemia, esse numero diminuiu muito pouco e o vereador que milita na área da saúde, Idelfonso Araújo (MDB) é uma maneira de fazer com que a economia da cidade aumente e circule mais dinheiro. O raciocínio do parlamentar é simples, já que as milhares de pessoas vêm á cidade, e os seus veículos precisam abastecer e o farão na cidade, eles precisam procurar um lugar para comer, dormir e comprar os remédios e isso somado ao grande numero de pessoas, faz o comercio ficar cada vez mais forte e gerar emprego e renda.

O vereador disse que o realmente precisa ser feito é um planejamento para poder receber bem esse turista e fazer com que o que poderia ser um problema, virar uma solução e que traga divisas para a cidade e melhore a economia, principalmente em tempos difíceis. Idelfonso que milita na área da saúde por décadas, disse que seria melhor que a saúde fosse descentralizada e cada um pudesse ser atendido a contento em sua cidade, mas desde que isso na é possível, pois o problema da saúde brasileiro é crônico e é um problema que vem de cima, por falta de investimentos devido, então se faz necessário “fazer do limão uma limonada”, ou seja, tirar proveito da situação para beneficiar a cidade para aplacar um pouco os transtornos que no fim se redundará em lucro.

Araújo disse ainda que o turismo da saúde é bem explorado em diversos lugares do Brasil e bem feito e levado a sério e com os devidos ajustes e respeito para a com a população local e a que vem buscar ajuda, todos terminam por ganhar, lembrou. Ao finalizar lembrou que essa é uma idéia inovadora e que vai produzir frutos para todo mundo, já que o turismo em Montes Claros é pouco explorado e tem que ser visto com profissionalismo e respeito a todos.” É preciso fazer uma radiografia profunda da saúde local para fazer as melhorias que julgar necessário para atender todos com eficiência e organização e produzir frutos financeiros para todos os segmentos”, concluiu (VS)