Última Governo quer disciplina de inteligência emocional em universidades

O governo de Jair Bolsonaro (PSL) anunciou que está em negociação uma parceria com universidades particulares para oferta de uma disciplina de "inteligência emocional" com o objetivo de tentar prevenir casos de suicídio e automutilação entre os estudantes. Gostaríamos de sugerir a porta-voz da Escola da Inteligência, programa educacional que desenvolve a educação socioemocional, Camila Cury, filha de Augusto Cury, psicóloga, especialista na Teoria da Inteligência Multifocal e em Análise do Comportamento Humano para comentar sobre a importância dessa disciplina para todas as idades e como isso pode mudar o cenário de depressão e suicídio que está cada vez maior entre os estudantes.