Última | Rodrigo Maia especializou em boxer verbal

O presidente da Câmara dos Deputados está se tornando em verdadeiro boxer verbal. A qualquer momento em que a instituição que preside é atacada, ele dá o revide de imediato. Agora sobrou para o recatado General Heleno que, em um de seus arroubos, deixou escapulir em áudio captado pela transmissão de evento no Palácio da Alvorada, durante conversa com os ministros Paulo Guedes (Economia) e Luiz Eduardo Ramos (Secretaria de Governo: “rapaz, nós não podemos aceitar esses caras chantagearem a gente o tempo todo”… Rodrigo Maia, não titubeou, e emendou: “Geralmente na vida, quando a gente vai ficando mais velho vai ganhando equilíbrio, experiência e paciência. O ministro pelo jeito está ficando mais velho e está falando como um jovem”, e acrescentou que é “uma pena que um ministro com tantos títulos tenha se transformado num radical ideológico”. Davi Alcolumbre reage contra declaração do general Heleno

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre, por meio de nota, respondeu à declaração do ministro do Gabinete de Segurança Institucional, general Augusto Heleno. O ministro manifestou sua irritação com o Congresso durante a cerimônia de hasteamento da bandeira no Palácio da Alvorada, na manhã da última terça-feira (18), dizendo que o governo não pode “aceitar esses caras chantagearem a gente o tempo todo”, referindo-se à derrubada dos vetos do presidente Jair Bolsonaro. Davi reagiu afirmando que “nenhum ataque à democracia será tolerado pelo Parlamento”. “O momento, mais do que nunca, é de defesa da democracia, independência e harmonia dos Poderes para trabalhar pelo país. O Congresso Nacional seguirá cumprindo com as suas obrigações”, rebateu Alcolumbre. O momento está confuso e é preciso muita calma nesta hora.