Vereador volta a defender farmácia popular na zona rural

Vereador Marcos Nem

O presidente do Legislativo Municipal também é um dos lideres da bancada ruralista que agora  durante o recesso parlamentar quer que a Secretaria da Saúde faça um estudo para ver a possibilidade de instalar uma farmácia popular na zona rural, onde serão beneficiados milhares de pessoas que hoje que tem deslocar de suas casas para comprar um remédio mais em conta na farmácia popular de Montes Claros. Defendido também  pelo vereador Ildeu Maia (PP) disse que ele tem recebido um grande numero de pedidos de moradores da zona rural para que seja colocada uma farmácia popular em algum distrito que fica mais próximo das comunidades, pois eles alegam que comprar remedido na farmácia popular faz realmente a diferença em se tratando de preços, mas que tem dificultado é que eles têm que pagar pela passagem e isso tornam a encarecer muito os remédios, e com isso está inviabilizando a viagem deles para virem á cidade adquirir os medicamentos:

“eu tenho defendido muitas melhorias para os moradores da zona rural, pois sei que eles já enfrentam todo tipo de adversidade, que vai desde a falta de água, estradas, e muitas famílias não aguentam a pressão e querem deixar o seu pedaço de terra em busca de condição melhor para viver. O principal problema é justamente esse, pois no momento em que eles deixam o seu pedaço de terra e vem procurar melhoria na cidade, não tendo mão de obra qualificada, não conseguem entrar no competitivo mercado de trabalho. Não conseguem emprego para os filhos e nem mesmo uma moradia digna, e o resultado todos nós já conhecemos que é o aumento de bolsões de pobreza e os filhos terminam por enredar por caminhos tortuosos e alguns entram para a vida de crimes e as filhas para a prostituição. É um relato dramático, mas infelizmente é a realidade que eles vão encontrar num local onde não tem moradia, emprego e nem condições de dar uma boa vida aos seus familiares. Essas famílias vindo para a cidade fica muito mais caro para os cofres públicos municipais e para o estado e por isso que defendo essas melhorias para que o homem do campo encontre sempre uma motivação para permanecer no seu pedaço de terra.” Disse o parlamentar.