Bancada apresentará emenda para manter secretaria

A bancada estadual do Norte de Minas, formada por seis deputados estaduais, anunciou outra vez, ontem (13) de manhã, à equipe do governador Romeu Zema que não aceitará a extinção da Secretaria Estadual da Área Mineira da Sudene, e, por isso, apresentarão emenda no projeto da reforma administrativa encaminhada à Assembleia Legislativa para garantir essa secretaria, criada em 2003, pelo então governador Aécio Neves. Na terça-feira à tarde, a bancada se reuniu com o diretor geral do Instituto de Desenvolvimento do Norte e Nordeste de Minas (Idene), Fernando Passioalo, quando discutiram o assunto.

O deputado Carlos Pimenta explica que na reunião com a direção do Idene, a bancada do Norte de Minas reafirmou a postura de não aceitar a extinção da Sedinor, pois entendem que ela pode ser reformulada, adquirindo um perfil mais técnico e acabando com o viés que teve nos últimos anos de cabide de emprego.

O argumento dos deputados é que o Governo Federal mantém a Sudene em reconhecimento da situação especial do Polígono das Secas e não justifica o Estado querer nivelar a área mineira da Sudene, a inserindo na Secretaria Estadual de Desenvolvimento Econômico.

Outra iniciativa é de criar a Subsecretaria de Ensino Superior na Secretaria de Educação de Minas Gerais, visando vincular a Universidade Estadual de Montes Claros e Universidade Estadual de Minas Gerais, para terem autonomia administrativa. Na manhã de ontem a equipe técnica do Estado se reuniu com os deputados estaduais para discutir a reforma administrativa, quando a questão da Sedinor e da Unimontes foi colocada pelos deputados do Norte de Minas. (GA)