Bancos ofertam opções para socorrer clientes

As prestações de clientes do Crediamigo que vencem entre 19 de março e 18 de abril serão prorrogadas automaticamente pelo prazo de 30 dias. A iniciativa é mais uma medida adotada pelo Banco do Nordeste em apoio ao Plano de Contingência Nacional para Infecção Humana pelo Coronavírus Covid-19. Clientes que não têm interesse na prorrogação devem efetuar o pagamento normalmente.  As condições excepcionais incluem também carência de 30 dias para início dos pagamentos relativos a novas contratações ou a renovações de financiamentos. O objetivo é possibilitar que todos os clientes permaneçam adimplentes com seus empréstimos, a fim de que possam fazer a renovação nos próximos meses.

Maior programa de microcrédito produtivo orientado da América do Sul, o Crediamigo possui 2,3 milhões de clientes ativos na área de atuação do BNB - os nove estados da região Nordeste, Norte de Minas e do Espírito Santo. O programa oferece capital de giro e investimento para micros e pequenos empreendedores, com prazos de 2 a 24 meses e taxas que variam de 0,99% a 2,40% ao mês. Na carteira de produtos do Crediamigo, destacam-se o Crediamigo Comunidade, para giro e investimento, Giro Solidário e Giro Individual, ambos destinados especificamente a capital de giro, Investimento Fixo, voltado unicamente para investimento, e Crediamigo Mais, que abrange investimento e capacitação. Os valores dos financiamentos variam de R$ 100 a R$ 21 mil e contemplam empreendedores individuais ou em grupo.

 

BDMG – Desde ontem a cadeia do turismo terá condições de financiamento facilitadas pelo BDMG, em face do contexto econômico imposto pela Covid-19. As operações do Banco com recursos do Fundo Geral do Turismo (Fungetur), destinadas ao capital de giro de micro e pequenas empresas do ramo, terão redução nas taxas de juros e ampliação do prazo de carência. Os juros iniciais da linha de crédito passam a ter queda de 7% ao ano (+ INPC) para 5% ao ano (+ INPC). O prazo de carência dobrou, de 6 meses para 12 meses, com pagamento em até 48 meses.  (GA)