Governador estuda abrir concessão da BR-479

Foto: DIEGO ANDRADE

O governador Romeu Zema anunciou, ontem de manhã, a uma comitiva do Norte e Nordeste de Minas que solicitará estudos sobre a concessão da BR-479, no trecho de Januária a Chapada Gaúcha, como forma de viabilizar sua pavimentação. A rodovia interligará o Norte de Minas com Brasília e o Centro Oeste do Brasil, criando uma nova rota de escoamento da produção. Zema recebeu uma comitiva liderada pelo deputado Zé Reis e que contou com as presenças do prefeito Marcelo Felix, de Januária e presidente da Associação dos Municípios da Área Mineira da Sudene (AMAMS) e do prefeito de Chapada Gaúcha, Jair Montagner.

Desde o ano de 2018 que as lideranças do Norte e Noroeste de Minas têm lutado pela pavimentação da BR-479, pois ela abre nova opção de escoamento da produção do Projeto Jaíba para Brasília e todo Centro Oeste brasileiro. São 120 quilômetros de extensão. Na próxima segunda-feira, dia 11, será realizado bloqueio da rodovia, por causa da precariedade da estrada de terra. A coordenadora do Movimento Asfalto Já, Nazaré Ferreira, mostrou ao governador que os moradores daquela parte de Minas Gerais estão ficando isolados e o transporte escolar suspenso e a tendência é agravar com a chegada das chuvas. O deputado Zé Reis reforçou o pleito.

O governador Romeu Zema assumiu o compromisso de mandar o Departamento Estadual de Estradas e Rodagens patrolar a rodovia, aliviando a situação. Porém, explicou que pedirá a Secretaria Estadual de Infraestrutura para estudar a concessão da BR-479, que seria repassada a empresa privada, com a cobrança de pedágio. O deputado Zé Reis o informou que contam com emenda parlamentar de R$5 milhões, para elaboração do projeto técnico e, se o governador assumir o compromisso de executar a obra, providenciarão esse projeto.

Foto: DIEGO ANDRADE