MP quer Norte de Minas capacitando Vale do Mucuri

O coordenador regional da Infância e Juventude do Ministério Público, Daniel Librelon, solicitou a Associação dos Municípios da Área Mineira da Sudene (AMAMS) que faça a capacitação dos conselheiros tutelares do Vale do Mucuri, nos moldes do que ocorreu essa semana em Montes Claros, pois afirma que recebeu essa demanda. Na tarde de ontem, ele ministrou palestra sobre a atuação dos conselheiros tutelares junto ao Sistema Judicial e aproveitou para salientar a parceria montada pelo Ministério Público, AMAMS, Unimontes e Fórum Mineiro dos Conselhos Tutelares. O presidente da AMAMS, Marcelo Félix, prefeito de Januária, aceitou a proposta do MP e fará essa capacitação em parceria com a Associação dos Municípios do Vale do Mucuri. No segundo dia dessa capacitação, o presidente da AMAMS, Marcelo Félix, prefeito de Januária, salientou que esse tipo de evento é importante por unificar o modo de atuação dos conselheiros e ainda definir as ações que devem ser feitas. Ele salienta que a união de parceiros como o MP, Unimontes, AMAMS, e Fórum Mineiro reforça a grandeza dessa capacitação. O coordenador regional do Fórum Mineiro, Lucas Arruda, também enalteceu a importância de capacitação dos conselheiros. No seu discurso, antes da palestra, Daniel Librelon lembrou que a parceria permitiu que se alcançassem bons fluídos e fez apelo para que ela prossiga por muito tempo, pois o Ministério Público é apenas mediador e articulador dessa capacitação, que reuniu a Unimontes com o conhecimento e casa do saber; a AMAMS como força política regional e ainda o Fórum Mineiro, sempre buscando o fortalecimento e empoderamento dos conselhos. (GA)