Rotary entra em ação para o Dia Mundial de Combate à Pólio

Foto: LUCAS VIGGIANI

A poliomielite, ou simplesmente pólio, é uma doença altamente infecciosa. O vírus da pólio, geralmente é contraído pela ingestão de água contaminada, que invade o sistema nervoso e pode causar paralisia em questão de horas, podendo atacar pessoas de qualquer idade, principalmente, menores de cinco anos. Não existe cura para a pólio, mas ela pode ser prevenida pela vacina.

Porém, contrário a muitas doenças, a poliomielite pode ser erradicada. Desde 1988, com a Iniciativa Global de Erradicação da Pólio pelo Rotary Internacional e seus parceiros, os números de casos de pólio reduziram em 99,9%.

A doença paralisava 1.000 crianças por dia. Em 1988, havia 350.000 casos em 125 países; em 2020, até outubro 125 casos em dois países: Afeganistão e Paquistão. Até que a transmissão do poliovírus seja interrompida nesses países, todos os países permanecem em risco de importação de poliomielite, especialmente os países vulneráveis com serviços de saúde pública e imunização fracos e ligações comerciais ou de viagens para países endêmicos. Apesar da doença ser endêmica em somente dois países, nenhuma criança estará a salvo se não eliminarmos a paralisia infantil agora.

Mais de um milhão de rotarianos doam tempo e dinheiro para o combate à pólio.

Todos os anos, os rotarianos trabalham com o Unicef, agentes da saúde e outros parceiros no preparo, distribuição e transporte de materiais informativos e vacinas para áreas isoladas por conflitos, barreiras naturais e pobreza.

O Rotary Club de Montes Claros - Oeste entrará em ação no Dia Mundial de Combate à Pólio para aumentar a conscientização pública, angariar fundos e apoiar a luta contra a paralisia infantil, que ainda ameaça crianças em certas partes do mundo, mas que pode ser prevenida com a vacina.

A neurologista e rotariana Maria Eliana Pires afirma que o vírus da pólio ataca o sistema nervoso, onde faz a degradação dos neurônios motores, causando uma paralisia flácida e o único meio de prevenção para esta doença é a vacina contra a

Poliomielite. É importante que as crianças sejam vacinadas a partir dos 2 meses até aos 5 anos de idade. A melhor prevenção contra a doença é a vacina e o custo total para imunizar uma criança é de apenas 60 centavos de dólar.

Desde 1985, o Rotary Internacional já contribuiu com mais de US$1,9 bilhão à causa, inclusive US$ 35.000 doados pelo Rotary Club de Montes Claros Oeste. A cada doação feita, a Fundação Bill e Melinda Gates, parceira do Rotary Internacional na Iniciativa Global de Erradicação da Pólio, equipara duas vezes valor doado. Graças a iniciativas como essa é que estamos na reta final, e a mais difícil, para a erradicação da pólio.

Diante destes fatos assustadores é que o Rotary Clube de Montes Claros - Oeste, através de sua Diretoria 2020 – 2021 conclama os pais para não esquecerem de vacinar seus filhos, levando-os em um posto de saúde durante este mês de outubro.

Esta é a nossa chance de mudar o mundo e garantir que nenhuma criança seja afetada pela paralisia infantil no futuro.

Para mais informações sobre o Rotary e seu trabalho para eliminar a pólio acesse o site endpolio.org /pt ou entre em contato com o Rotary Club de Montes Claros – Oeste pelo e-mail moc.oeste2018@gmail.com.