Conselho de Saúde pede esclarecimentos sobre falta de vacinas

O Conselho Municipal de Saúde solicitou ao Estado e União os esclarecimentos sobre a quantidade de vacinas para a Gripe em Montes Claros, tendo em vista a queixa da Secretaria Municipal de Saúde de que o volume ficou aquém do esperado. O presidente Joaquim Francisco explica que Montes Claros terá problemas em manter as estratégias de vacinação, pois segundo a Secretaria de Estado da Saúde, o Ministério da Saúde está disponibilizando poucas vacinas por vez. Ele explica que a resposta é que o Ministério da Saúde irá enviar em remessas semanais a vacina e por isso o quantitativo é pequeno. O presidente enviou email ao Estado e ao Conselho Estadual solicitando apoio, levando em consideração a população do grupo de risco e as estratégias de vacinação estruturada pela Secretaria Municipal de Saúde. O seu pedido é para nesse primeiro momento para reforçar a estratégia com os idosos.

A Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais informou ontem de manhã ao GAZETA em relação a vacina contra a gripe, a Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) esclarece que recebe as doses do Ministério da Saúde e as repassa, por meio das Regionais de Saúde, que fazem o encaminhamento para cada município sob sua jurisdição. Com relação ao quantitativo de doses, a SES-MG recebeu no dia 16 de março, 913.200 doses da vacina contra a Influenza e já foram distribuídas para as Unidades Regionais de Saúde para a distribuição para os municípios e no dia 23, 592.000 doses da vacina contra a influenza e a distribuição para as Unidades Regionais de Saúde foi iniciada ontem. (GA)