Dicas simples que podem reduzir a ocorrência da conjuntivite

Nunca compartilhe itens pessoais como maquiagem, travesseiros, óculos e toalhas de mão e rosto.

Cubra o nariz e a boca quando tossir ou espirrar e evite esfregar ou tocar os olhos.

Nunca compartilhe suas lentes de contato com outra pessoa e interrompa o uso caso apresente sintomas da conjuntivite.

Lave as mãos frequentemente, especialmente quando passar tempo na escola ou em outros lugares públicos.

Mantenha acessível um desinfetante manual como o álcool gel e use-o com frequência.

Limpe sempre as superfícies com um antisséptico apropriado.

Se você sabe que sofre alergias sazonais, pergunte ao seu médico o que pode ser feito para minimizar seus sintomas.

Ao nadar, use óculos de natação para se proteger de bactérias e outros microrganismos presentes na água.

Ande sempre com lenços de papel para secar ou limpar os olhos e jogue-os fora após o uso. Não guarde os lenços contaminados no bolso para reutilização.

Não use lentes de contato ou maquiagem na região dos olhos enquanto eles ainda estiverem vermelhos ou irritados.

Separe sua toalha de rosto e travesseiro, de preferência troque a fronha e a toalha todos os dias.

Use apenas o medicamento indicado pelo seu médico e lave os olhos com água filtrada ou tratada.

Faça compressas frias várias vezes por dia e lave o rosto e os olhos com água gelada sempre que possível.

Em caso de baixa de visão, procure novamente seu oftalmologista.

Evite a reinfecção não utilizando novamente a maquiagem ou lentes de contato que possa ter usado no período que estava doente. (Agência Minas)