Ministério da saúde destina R$13,5 milhões para qualificar atendimento à mulher

O Ministério da Saúde está destinando R$13,55 milhões para qualificar um melhor atendimento a mulher, investindo no cuidado e garantindo mais acesso à saúde e informação. Todos os recursos serão passados aos gestores locais que fizerem adesão ao Edital de Chamamento Público, no qual serão selecionados propostas para ampliar o atendimento a saúde sexual e reprodutiva das mulheres em todo o seu ciclo de vida. Um dos objetivos da agenda Mais Acesso, é organizar os trabalhos de atenção básica cuidando da mulher desde sua infância até a fase da terceira idade; incluindo as Unidade Básicas de Saúde (UBS), no planejamento, execução e avaliação das ações que visam o bem estar das mulheres. A parti data da publicação do edital que foi divulgado no dia (21) de setembro, os municípios terão o prazo de 30 dias para enviar propostas com diagnósticos prévio de seus serviços em saúde sexual e reprodutiva, incluindo a gravidez na adolescência. Todas as propostas devem ser enviadas pelo Sistema de Apoio a Implementação de Políticas de Saúde (SAIPS). Deverão ser apresentadas também ações que possa alcançar os resultados esperados no edital, ampliando a oferta de medicamentos incluindo, testes rápidos para gravidez, sífilis e HIV e ofertas de atividades da promoção da saúde sexual. Para os municípios com mais de 501 mil habitantes, o valor destinado será de 250 mil reais, para municípios de 100 a 500mil habitantes será disponibilizado 150 mil reais, e para as cidades com 100 mil habitantes serão encaminhados 100mil reais.