Moc recebe apenas 25% das vacinas para atender os idosos

A cidade de Montes Claros recebeu apenas 13 mil das 46 mil doses da vacinas que precisa para a campanha contra a Gripe Influenza. A situação foi denunciada ontem pela secretária municipal de Saúde, Dulce Pimenta, que está preocupada, pois segundo ela, pode comprometer o serviço. Ontem teve início a inédita vacinação de idosos, onde ele comparece de carro no campus da Unimontes e receberá a vacinação dentro do seu carro. O foco é vacinar 100 pessoas por dia, em campanha que prossegue até o dia 15 de abril. Uma grande fila se formou no local, mas a Empresa Municipal de Trânsito e Trafego (MCTrans) fez o controle do fluxo e organizou a fila.

O drive-thru da Gripe foi anunciada pela Diretoria de Gestão de Campi da Unimontes, em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), quando informou que cederá temporariamente o campus-sede da universidade para servir de ponto avançado para a imunização exclusiva de idosos contra a Influenza. Em formato drive-thru (condutor e passageiro não precisam sair do carro) a vacinação ocorrerá pela portaria leste, na avenida José Corrêa Machado,  de 8h às 11h e de 14h às 17h.  A campanha de vacinação contra a gripe em Montes Claros foi antecipada em função da pandemia do novo coronavírus e deverá seguir o calendário nacional, que se estende até o dia 22 de maio.

A vacina contra influenza não tem eficácia contra o novo coronavírus, mas poderá auxiliar os profissionais de saúde na exclusão do diagnóstico da Covid-19. Em 2020 a campanha terá três etapas. Entre os dias 23 de março e 16 de abril, a vacinação estará disponível somente para pessoas acima de 60 anos e profissionais da saúde. A segunda etapa será realizada entre os dias 16 de abril e 9 de maio e terá o público-alvo composto por doentes crônicos, professores (rede pública e privada), além de profissionais das forças de segurança.  A expectativa é de que 46 mil pessoas sejam vacinadas em Montes Claros nesta primeira etapa. (GA)