Montes Claros chega a 418 casos e acende sinal de alerta

O município de Montes Claros alcançou nesta sexta-feira a 418 casos confirmados de Covid-19 e com isso, acendeu o sinal de alerta para a proliferação da doença. Ontem, o Setor de Epidemiologia confirmou que 18 pessoas testaram positivas para a doença. Oito homens de 26, 29, 32, 34, 34, 43, 43, 46 e 76 anos e nove mulheres de 20, 25, 26, 28, 30, 33, 32, 35 e 39 anos. Pacientes estáveis em isolamento domiciliar. Um homem de 46 anos encontra-se internado e estável.

Todos estão sendo monitorados pela Vigilância Epidemiológica.

A secretária municipal de Saúde, Dulce Pimenta, em entrevista ontem no início da tarde explicou que a principal consequência dessa situação é o descumprimento das normas sanitárias, com relaxamento das pessoas e facilitando a transmissão. Ela adverte que o aumento dos casos poderá levar a Prefeitura de Montes Claros a determinar medidas mais rigorosas, como o fechamento de setores do comércio. A secretária reforçou que Montes Claros tem leitos para atender a demanda, ficando atrás apenas de Belo Horizonte, em termos percentuais em Minas Gerais.

A família de A,R, de 31 anos, residente na Vila São Francisco de Assis, no Morro do Frade, cobrou esclarecimentos sobre a morte dela, ocorrida no dia 2 de julho, pois no atestado de óbito constou como sendo de Covid-19, inclusive sendo enterrada dentro dos protocolos dessa doença, sem a família ter direito a fazer o velório e grupo restrito no funeral. Ontem a Vigilância Epidemiológica explicou que a paciente foi tratada como caso suspeito de Covid, mas saiu o resultado do exame, que deu negativo para a doença e os familiares foram comunicados.

A situação é reforçada pelo superintendente da Santa Casa de Montes Claros, Mauricio Sérgio Souza Silva, pois ele lembra que existem 49 leitos direcionados a apenas os pacientes de Covid, onde 20 deles são de UTI e ontem tinham cinco pacientes internados. Outros 29 leitos convencionais para Covid tinha apenas sete pacientes. O superintendente informou ainda que a Santa Casa contam com outros 30 leitos de UTI, sendo leitos convencionais, Neonatal e Cardíacos e isso dá uma tranquilidade para atender a demanda apresentada.

A Prefeitura de Montes Claros informou que tem ampliado a fiscalização, desde quando foram flexibilizadas as medidas para o comércio, foram realizadas 406 fiscalizados pela Guarda Municipal em parceria com a Polícia Militar e ainda pela equipe da Secretaria de Serviços Urbanos, quando 322 estabelecimentos acabaram notificados e 84 multados. A estimativa é que as multas totalizam R$ 87 mil.